Filho de Bruno Covas reage a ataque de Bolsonaro ao pai: “Covarde”

IMG 20210803 164135

O filho do ex-prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), se posicionou sobre o comentário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o pai. Tomás Covas, de 15 anos, disse que a atitude foi “covarde”.

O adolescente também chamou o presidente de ” incompetente e negacionista”. As informações foram divulgadas pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Bolsonaro fez uma fala irônica contra Bruno Covas na manhã da última segunda-feira (2/8), ao criticar medidas de restrição de governadores e prefeitos contra a Cøvid-19. “O outro, que morreu, fecha São Paulo e vai ver Palmeiras e Santos no Maracanã”, afirmou o presidente.

Tomás chamou os ataques ao pai de “fala covarde” contra alguém que não pode mais se defender. Bruno Covas morreu em maio, em decorrência de um câncer.

“Lamento a fala dita hoje pelo incompetente e negacionista presidente Bolsonaro. Em uma fala covarde hoje durante a tarde, ele atacou quem não está mais aqui conosco, não dando direito de resposta ao meu pai”, desabafou o filho de Bruno Covas.

O ex-prefeito e Tomás foram assistir a final da Copa Libertadores em janeiro de 2021. Isso depois de 24 sessões de radioterapia em Bruno Covas. Na época, ele afirmou que ir ao jogo era um direito seu de usufruir de um pequeno prazer da vida.

“Meu pai sempre foi um homem sério e fez questão de me levar ao Maracanã no fim da sua vida para curtirmos seus últimos momentos juntos. Isso é amor! Bolsonaro nunca entenderá esse sentimento”, afirmou ainda Tomás Covas, em mensagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.