Filho dá garrafada na mãe, pula em rio e é resgatado por bombeiros

Sem titulo2

Suspeito pulou em rio para fugir da Polícia Militar, se agarrou em pedra e não quis mais sair do local. Os bombeiros negociaram com ele e fizeram o resgate

Um homem de 35 anos foi preso após dar uma garrafada no rosto da mãe, pular em um rio e precisar ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros em Nova Era, Minas Gerais, neste domingo (20). 

De acordo com a Polícia Militar, a mãe do suspeito, uma mulher de 53 anos, chamou a atenção dele por algum motivo que não foi informado. O filho não gostou da repressão e deu uma garrafada no rosto dela. Testemunhas socorreram a vítima até o Hospital Municipal de Nova Era, onde a Polícia Militar foi acionada. 

A polícia começou rastreamento para encontrar o suspeito. Quando foi visualizado pelos policiais ele entrou em uma mata e pulou no rio Piracicaba com o intuito de fugir. O homem nadou até uma pedra e ficou segurando-se a ela em meio a correnteza. Os policiais começaram a conversar com ele para que ele se entregasse. Ele se recusou a sair do rio e se entregar. 

O homem estava embriagado e, possivelmente, tinha usado entorpecentes. Como havia risco de que ele se afogasse e como ele não queria sair das águas e se entregar, o Corpo de Bombeiros foi acionado. 

Após muita conversa, o homem decidiu se entregar. Os bombeiros lançaram uma boia com uma corda para ele se amarrar e ser levado até a margem do rio. Policiais militares que aguardavam nas proximidades prenderam o suspeito e a ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil para investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.