Filho adotivo de Flordelis diz que ela tentou convencê-lo a assumir o assassinato do pastor

lucas dos Santos Reproducao

Na manhã desta segunda-feira (19), o filho adotivo da deputada federal Flordelis, Lucas Cezar dos Santos de Souza, disse em depoimento ao Conselho de Ética e Decoro da Câmara dos Deputados, em Brasília, que Flordelis tentou persuadi-lo a assumir a autoria do assassinato do pastor Anderson do Carmo.

O jovem prestou depoimento de forma online, pois continua preso no Presídio Tiago Teles, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio.

De acordo com Lucas, ela enviava cartas frequentemente, e pediu para que ele assumisse o crime, pois se não o fizesse, ela e Flávio dos Santos, o filho biológico, seriam prejudicados. Para a polícia, Flávio foi o responsável direto pelo crime.

“Isso veio em uma carta através dos advogados do Flávio. Cheguei no presídio dias depois dele. Ficamos na mesma cela. Minha mãe mandava cartas com frequência para mim. Em uma delas, ela pediu para eu assumir a autoria do crime. Do contrário, ela e o Flávio poderiam ser prejudicados. Ela pediu para eu fazer isso, falando que não iria me abandonar e me daria toda a assistência. Inclusive a carta tinha a assinatura dela”, disse o filho afetivo.

Lucas afirmou ainda que outra filha afetiva de Flordelis, Marzy Teixeira da Silva, foi a responsável pelo planejamento do crime a mando da mãe.

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.