Filha vai reconhecer corpo e descobre que cadáver não é da mãe

Sem titulo 332

Uma mulher foi surpreendida, em um momento doloroso, por um erro de um hospital em Campo Grande, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro (RJ). Ao ser informada da morte da mãe, foi reconhecer o corpo. Quando Bruna Mattos chegou no necrotério, descobriu que o cadáver não era o corpo da mãe. 

Questionando o hospital municipal Rocha Faria, a mulher descobriu que a mãe está viva, em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O centro médico afirmou que confundiu os nomes das pacientes. Maria da Conceição de Almeida Mattos, de 59 anos, foi internada com infecção urinária e glicose alta. No sábado (18.set), a unidade hospitalar ligou para a família da paciente informando sobre a morte. Após o transtorno no necrotério, o alívio dos parentes.

Porém, um novo transtorno: como a certidão de óbito foi registrada, os familiares terão que reativar a aposentadoria cancelada de Maria da Conceição.

Bruna acredita que os profissionais do hospital deram insulina para a mãe, quando o medicamento deveria ser destinado à outra paciente, que faleceu. Com o erro, a mãe da jovem foi entubada e sedada.

A direção do hospital reconheceu o erro, em nota, alegando que os nomes das pacientes eram muito parecidos. Ainda no documento, o centro médico pediu desculpas à família Mattos e se colocou à disposição para eventual reparação.

ASSISTA A REPORTAGEM ABAIXO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.