Fantasia de Bruna Marquezine revolta Conselho Regional de Enfermagem

Sem titulo 81

Uma imagem da atriz Bruna Marquezine usando uma fantasia de enfermeira foi publicada no Instagram do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP), nessa terça-feira (2/11), acompanhada de um texto em que a classe afirma que “fantasias de enfermeira desvalorizam o profissionalismo da enfermagem”. O post recebeu muitos comentários de apoio, mas as críticas predominaram, até o fechamento desta publicação.

O trecho do texto diz o seguinte: “A enfermagem é uma profissão que exige conhecimentos técnicos, anos de estudo e muito empenho e dedicação em seu cotidiano. Além disso, por ser uma categoria predominantemente feminina, com mais de 80% de mulheres, sofre os impactos das desigualdades de gênero, o que inclui episódios de violência e assédio. Por esses e muitos outros motivos, é inadmissível que a fantasia de enfermeira, utilizada em carnavais, festas de Halloween e sátiras continue sendo tolerada pela sociedade, sobretudo por formadores de opinião”.

Segundo o conselho, o tema já foi alvo de intervenções por diversas vezes, como no episódio em que as atrizes Giovanna Ewbank e Ingrid Guimarães acabaram se retratando por terem se apropriado da imagem da profissão com conotação sᕮxual.

“Deparamo-nos nas recentes celebrações de Halloween com a atriz Bruna Marquezine fantasiada do que a mídia chamou de ‘enfermeira sexy’… Repudiamos veementemente essa conduta, pois ela incentiva a sᕮxualização de uma categoria que há décadas luta por valorização e respeito”, continuou outro trecho. “O Coren-SP defende que todo o humor e diversão são válidos desde que não prejudiquem ou provoquem qualquer impacto negativo na vida do próximo. Por isso faz um apelo à sociedade e aos formadores de opinião: respeitem e valorizem as mulheres da enfermagem”, finalizou.

A postagem teve mais de 19 mil comentários. “Mais tolerância e menos censura”, escreveu um seguidor da página. “Sinceramente, não vejo isso como desvalorização, desvalorização mesmo é o salário da categoria, e pelo jeito isso já nem é mais o foco”, disse outro. “Que desnecessário da parte do conselho! Tantas preocupações e o conselho se preocupa com fantasia em que todas as profissões são usadas… E a PL? Como vai?”, reclamou outro. “Sou a favor de baixar a anuidade e aumentar o piso salarial. @corensaopaulo deve se preocupar com isso, não com fantasia alheia!” falou outro seguidor.

“Nossas 30 horas nunca saíram e o @corensaopaulo vem com essa? Todos se fantasiam de diversas profissões: bombeiro, policial, engenheiro etc. Sou enfermeira há 10 anos e até hoje não vi um empenho desses para as nossas 30 horas. Isso que merece respeito!”, emendou uma profissional da área.

Sem titulo 80

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.