Família pede ajuda para resgatar corpos de garimpeiros mortos em Terra Yanomami

Polícia Civil de Roraima entrou em contato com o Exército para ter apoio logístico no resgate dos corpos na região conhecida como Dicão

Três pessoas ligadas ao garimpo em terra indígena Yanomami, em Roraima, foram assassinadas e familiares deles estão pedindo ajuda das autoridades para resgatar os corpos.

O crime teria acontecido no dia 8 de fevereiro. Parentes dos garimpeiros dizem que indígenas armados com flechas, facas e armas de fogos foram responsáveis pelos homicídios.

Morreram a cozinheira do garimpo Elizangela Pessoa da Silva, 43 anos, e os garimpos Luiz Ferreira da Silva, de 50 anos e Josafá Vaniz, de 52 anos.

De acordo com o G1 Roraima, os assassinatos aconteceram em uma área de garimpo conhecida como Dicão, em uma área de mata distante.

Segundo a Polícia Civil de Roraima, o resgate dos corpos demanda apoio logístico. Os investigadores acionaram o Exército para realizar o resgate.