Executivo é criticado após demitir 900 funcionários por videoconferência em 3 minutos

Sem titulo 187

O diretor-presidente da Better.com, Vishal Garg, demitiu 900 funcionários em uma videoconferência pelo Zoom. Garg disse que os empregados da empresa de hipoteca norte-americana seriam desligados antes dos feriados de final de ano.

A atitude do diretor-presidente gerou críticas. O diretor financeiro da empresa, Kevin Ryan, disse em nota à CNN Business que “ter que demitir pessoas é inconsolável, especialmente nessa época do ano”.

Em outra ocasião, a revista Fortune publicou um email em que Garg chama um colaborador de “lento” e “golfinho burro”.

Dessa vez, o CEO também foi direto. “Se você está nesta teleconferência, você faz parte do grupo azarado que está sendo demitido. Seu contrato aqui está rescindido, com efeito imediato”, disse Garg na teleconferência.  A gravação foi vista pela CNN Business.

Além disse,  Garg acusou os funcionários demitidos de roubar de seus colegas e clientes por serem improdutivos e trabalharem apenas duas horas por dia, de acordo com a revista Fortune.

Garg informou que os funcionários poderiam esperar um e-mail do departamento de Recursos Humanos com os detalhes sobre os benefícios e as indenizações. A equipe de recrutamento de diversidade, equidade e inclusão da empresa também estava entre os demitidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.