Ex-presidente do Flamengo morre aos 82 anos vítima de complicações da covid-19

fb960989 8f21 4f17 b267 1b40bdd7523f 1 696x391 1

 Aos 82 anos, Gilberto Cardoso Filho, ex-presidente do Flamengo, morreu na noite da última segunda-feira, em decorrência de complicações da covid-19. Conhecido como Gilbertinho, ele presidiu o Rubro-Negro entre 1989 e 1990 e, interinamente, em 2002.

Nas redes sociais, o Flamengo, que completou aniversário de 126 anos ontem, lamentou o falecimento do ex-mandatário do clube:

“O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento do ex-presidente Gilberto Cardoso Filho. Em sua trajetória como desportista foi, durante 12 anos, vice-presidente de várias pastas, além de ocupar por cinco anos a presidência do Conselho Deliberativo”.

Gilberto Cardoso Filho era presidente do Flamengo no ano que o clube conquistou a Copa do Brasil pela primeira vez, em 1990. Em 2002, quando era interino no cargo, foi responsável pela transição do impeachment do então presidente Edmundo dos Santos Silva.

Atuais vice-presidentes do Flamengo, Marcos Braz (Futebol) e Luiz Eduardo Baptista (Relações Externas) prestara uma homenagem a Gilberto Cardoso Filho nas redes sociaiis.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.