dentro

‘Estourei a cabeça porque ela passou na minha frente’, diz motorista após atropelar e matar modelo

Uma modelo capixaba foi morta na última sexta-feira (15) após ser atropelada por um carro no bairro Jardim Penha, em Vitória, no Espírito Santo. Luísa Lopes, de 24 anos, atravessava uma faixa de pedestres de bicicleta quando foi atingida por um carro levado por uma motorista de 33. A condutora chegou a ser levada à delegacia, mas foi liberada após pagar R$ 3 mil de fiança. As informações são do g1.

Vídeos gravados momentos depois do acidente mostram a motorista visivelmente alterada, preocupada com o estado do carro. Após ser repreendida por um dos policiais, a mulher afirma: “Eu estourei a cabeça dela porque ela passou na minha frente”.

Em outras imagens, a condutora aparece na viatura, com fala confusa. Apesar dos sinais de embriaguez, ela garante não ter ingerido bebida alcoólica na ocasião.

Em outro momento, ela conta usar medicamentos controlados por ser diagnosticada com depressão. Antes de ser levada para a delegacia, a motorista negou realizar o teste do bafômetro, alegando que “não precisava”.

‘Não deixem cair no esquecimento’

Pelas redes sociais, o caso gerou revolta. Amigos e familiares de Luísa vieram a público pedir por justiça. A Unidos do Jucutiquara, escola de samba em que Luísa era passista, também lamentou a morte da jovem.

“Estão vendo o rosto dessa mulher? Visivelmente drogada? Ela matou a minha amiga ATROPELADA, além de arrastar o corpo dela ainda queria tirar da frente do carro pra FUGIR. Não deixem mais uma tragédia cair no esquecimento, vamos pedir justiça pela Luisa Lopes”, publicou uma amiga da modelo no Twitter.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.