dentro

Essas combinações de alimentos prejudicam a absorção de nutrientes

Muitos alimentos por mais que sejam saudáveis e benéficos ao metabolismo quando consumidos com outros podem interferir na absorção de seus nutrientes. Deste modo, conhecer quais os alimentos que consumidos em conjunto, são mais bem metabolizados, torna-se fundamental para fazer combinações certas e proporcionar melhor saúde ao organismo.

O que é biodisponibilidade alimentar?

A biodisponibilidade está relacionada à quantidade de nutrientes que nosso organismo é capaz de absorver e utilizar da melhor forma.

Sabe-se que o corpo humano não consegue absorver todos os nutrientes ingeridos na alimentação. Isto é, parte do que é consumido é eliminado pelo corpo. Existem diversos fatores que interferem na absorção nutricional, entre eles podemos destacar:

  • O tipo de alimento;
  • O estado metabólico da pessoa; 
  • A maneira de cozimento;
  • Se a pessoa faz ou não uso de medicamentos; e 
  • A ingestão de outros alimentos. 

Combinações que dificultam a absorção de nutrientes

Alimentos fontes de ferro versus alimentos fontes de cálcio

São grupos alimentares que competem entre si pela absorção. Têm os mesmos receptores intestinais, por isso possuem menor biodisponibilidade.

Tem pessoas que adoram uma salada de rúcula com queijo, porém, pelo fato de o queijo conter cálcio e a rúcula ser fonte de ferro causa uma dificuldade na absorção dos micronutrientes.

Cálcio versus Xantinas

As xantinas são elementos formados pela junção de cafeína, teofilina e teobromina, que dificultam a absorção de cálcio. Percebe-se que o clássico café com leite não é uma combinação em que poderemos nos beneficiar completamente dos nutrientes.

Outra mistura comum, porém, não adequada é chocolate com leite, pois o chocolate possui teobromina que não tem biodisponibilidade com o cálcio. E tomar leite com chá que possui teofilina não é o ideal.

Zinco versus cobre

Consumir alimentos fontes de zinco como a carne bovina em conjunto com alimentos fontes de cobre como o fígado, por exemplo, não é interessante. Alimentos com excesso de zinco fazem com que diminua o potencial de absorção de ferro.

Isso acontece porque o zinco tem melhor síntese de uma proteína com mais afinidade de associar-se com o cobre, que bloqueia a absorção.

Ferro versus Zinco

Comer alimentos ricos em ferro junto com alimentos ricos em zinco influencia a biodisponibilidade desses micronutrientes, pois competem entre si na absorção. Logo, comer feijão, que tem ferro, junto com ovo que é fonte de zinco, não é tão benéfico quanto pensávamos.

Vitamina C versus Cobre

Consumir vitamina C em excesso diminui o potencial de absorção do cobre, já que a vitamina C ajuda a eliminar o cobre do organismo. Por consequência, consumir oleaginosas junto com um suco de laranja, por exemplo, não torna o cobre presente nas oleaginosas com potencial de ser absorvido pelo metabolismo.

Taninos, polifenóis versus Ferro, Zinco, Cobre

Alimentos fontes em taninos diminuem a absorção do ferro, zinco e cobre.  Portanto, tomar vinho acompanhado por carnes, ovos ou leguminosas não é ideal, porque afeta a absorção dos minerais.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.