“Errei”, diz Paes após ser filmado cantando sem máscara em bar

eduardo paes 868x644 1
Rio de Janeiro - Coletiva de imprensa com o prefeito Eduardo Paes, para falar sobre o vazamento da conversa entre ele e o ex-presidente Lula (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse na manhã desta 2ª feira (10.mai.2021) que errou ao participar de uma roda de samba em um bar e tirar a máscara enquanto estava no local.

O momento foi registrado por pessoas presentes no local (veja abaixo).

“Errei e me desculpo. Recebi um convite há cerca de um mês do chefe Pedro Artagão para gravar um programa que ele está fazendo sobre a gastronomia de diferentes bairros do Rio”, escreveu o prefeito em seu perfil no Twitter.

“Com as várias medidas restritivas impostas resolvemos gravar o programa quando elas já tivessem sido mais flexibilizadas, o que aconteceu na última sexta-feira.”

Receba a newsletter do Poder360

seu e-mail

Segundo Paes, eles passaram na frente do local e, como o bar respeitava as medidas de restrições impostas pelo governo municipal, entraram. “Errei ao resolver me juntar aos músicos [que se apresentavam no bar] e cantar algumas músicas”, disse.

“Obviamente, ver o prefeito da cidade cantando em um bar, é um fato que por si só gera alguma aglomeração que é tudo que não se deve fazer nesse momento. Além disso retirei minha máscara por algum tempo enquanto cantava. Me desculpo com a população por esse gesto. O coronavirus é uma doença grave (estou vendo isso muito de perto) e estamos longe do fim da pandemia.”

O Rio de Janeiro acumula 286.683 casos de covid-19 e 24.714 mortes pela doença, de acordo com dados da prefeitura.

“Me desculpo por minha atitude e deixo bem claro aqui que não me inibirei em continuar estabelecendo as medidas necessárias para enfrentar essa doença. Os negacionistas de plantão que não se animem com meu erro”, finalizou Paes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.