dentro

Equipes de Lula e Bolsonaro criticam desempenho deles no primeiro debate na TV.

Integrantes das equipes de campanha do ex-presidente Lula (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (PL) avaliaram que os dois candidatos não tiveram bom desempenho no debate deste domingo (2

No debate, organizado por um pool de veículos de imprensa e exibido pela TV Bandeirantes, Lula e Jair Bolsonaro fizeram trocas de acusações e se tornaram os principais alvos de ataques dos demais candidatos.

Para a equipe de Lula, o petista não teve bom desempenho no tema “corrupção”.

 Já para a equipe de Bolsonaro, o candidato à reeleição não teve bom desempenho quando o tema foi “mulheres”

Integrantes das duas campanhas também avaliaram que Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União Brasil) e Ciro Gomes (PDT) se saíram melhor

Para aliados de Lula e Bolsonaro, os dois candidatos não perderam votos.

Lula                                                                                                                                                                        

Para assessores de Lula, o ex-presidente não conseguiu repetir a estratégia adotada na entrevista ao Jornal Nacional, quando foi enfático e firme nas respostas, mantendo o controle das respostas.

No caso do debate deste domingo, o comitê do petista avalia que ele “foi mal” no início da discussão sobre corrupção e não respondeu aos questionamentos de Bolsonaro.

 Por outro lado, acreditam que o ex-presidente fez um contraponto à agressividade do atual presidente. 

Bolsonaro

A equipe de Bolsonaro avalia que ele começou muito bem o debate, acuando Lula com o tema da corrupção.

Só que, depois, perdeu o controle ao atacar a jornalista Vera Magalhães e acabou dando munição para que Simone Tebet, Soraya Thronicke e Ciro Gomes explorassem o destempero do presidente da República, que chegou a dizer que a jornalista dormia pensando nele.

     

Simone Tebet                                                                                                                                                          

Os dois lados avaliam que no balanço geral Bolsonaro e Lula não devem ter perdido votos, mas admitem que Simone Tebet, principalmente, pode ter conseguido conquistar uma parcela dos eleitores indecisos, o que é considerado fundamental para ela se mover nas pesquisas de intenção de voto.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.