Endometriose: Como a alimentação pode aliviar os sintomas

depositphotos 147130131 xl 2015 2048x1365 1

Em resumo, sua causa é o crescimento de células da mucosa do útero (endométrio) fora do útero. Por isso, é importante conhecer formas de tratamento e como é possível aliviar seus sintomas.

Nesse sentido, a alimentação pode trabalhar para prevenir a piora das inflamações e reduzir seus efeitos colaterais e sintomas. Além da alimentação, outros possíveis tratamentos são: o uso de remédios, fisioterapia e cirurgias.

Sintomas e efeitos da endometriose

Em geral, as mulheres que sofrem dessa condição costumam sentir fortes dores abdominais e cólicas no período menstrual, bem como durante o ato sexual. Não só, podem ter dificuldade de engravidar e sentir dor ao usar o banheiro.

Como a alimentação pode aliviar os sintomas da endometriose

A princípio, a alimentação pode ajudar no alívio dos sintomas, pois uma dieta (emagreça com o Tecnonutri) balanceada previne o ganho de peso. Prevenir o ganho de peso, nesse caso, é importante pois o acúmulo de tecido adiposo, ou seja, de gordura corporal, pode causar o excesso de produção de hormônios femininos. Dessa forma, esse excesso pode agravar os sintomas da endometriose. Além disso, consumir alimentos ricos em certos nutrientes também ajuda.

Alimentos ricos em vitamina E

Primeiramente, a vitamina E, também conhecida como tocoferol, é essencial para a saúde plena e, em especial, é importante para o bom funcionamento da imunidade e da circulação sanguínea. Sendo assim, por favorecer a circulação do sangue, é uma vitamina que ajuda na cicatrização. Por isso, é importante para cicatrizar os ferimentos e hemorragias do endométrio. Dessa forma, alguns alimentos fontes de vitamina E e que podem ser incluídos na dieta são:

Leia mais: Alimentos ricos em vitamina E para comer mais

Fontes de proteína

Não só, além da vitamina E, as proteínas também são importantes, pois ajudam a fortalecer a imunidade. Ou seja, previnem a piora de quaisquer inflamações do corpo.

Frutas cítricas

Adicionar as frutas cítricas ao cardápio também é uma boa ideia, pois elas são ricas em vitamina C e antioxidantes. Ainda, podem ajudar no controle de peso, pois são pouco calóricas e ricas em fibras, ou seja, ajudam no controle do apetite.

Não só, elas contêm beta-criptoxantina, uma substância que o corpo transforma em vitamina A, uma vitamina que também previne inflamações.

Leia também: Vitamina A ajuda na queima de gordura, diz estudo

Frutas vermelhas

Ainda, as frutas vermelhas também são recomendáveis. Elas são grandes fontes de vitamina C, vitamina A e antocianina, um antioxidante que ajuda a aliviar os sintomas da endometriose e fortalece a imunidade. Frutas como a groselha, por exemplo, também ajudam a aliviar sintomas da menopausa e da TPM. Além da groselha, é recomendável incluir o mirtilo, a framboesa, a amora e o morango na dieta.

Fontes de ômega-3

Fontes de ômega-3 também podem favorecer as pacientes de endometriose. Basicamente, essa é uma gordura boa que pode controlar as inflamações do corpo. Sendo assim, esses alimentos podem aliviar os sintomas:

Hidrate-se

Além dos alimentos mencionados, também é importante se hidratar. Então, não deixe de beber bastante água.

Não só, os chás também podem ajudar a controlar os sintomas. Em especial, chás como o de uxi amarelo. Basicamente, essa é uma planta da Amazônia que tem efeitos anti-inflamatórios, antioxidantes e diuréticos, além de estimular e fortalecer a imunidade.

Além disso, hidratar o corpo ajuda na digestão, e o bom funcionamento intestinal garante uma imunidade mais forte e um corpo sem inflamações.

Ainda, além de aliviar os sintomas da endometriose, o chá de uxi amarelo também pode ajudar quem sofre de TPM e cólicas menstruais fortes. Outros chás de efeito similar são o chá de folha de algodão e o chá de amora.

Leia também: Chás que aliviam os sintomas da menopausa

Alimentos para evitar se você sofre de endometriose

Para garantir o controle dos sintomas, é melhor evitar alguns grupos de alimentos, como, por exemplo, alimentos ricos em farinha de trigo. Afinal, esses alimentos possuem glúten e ele pode causar a inflamação do corpo. Sendo assim, o mesmo vale para alimentos ricos em açúcar, sódio (sal) e gorduras.

  • Frituras
  • Embutidos
  • Fast food
  • Comida congelada
  • Doces
  • Bolachas e biscoitos
  • Salgadinhos
  • Refrigerantes
  • Sucos de caixa ou em pó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.