Em protesto, Doria dança ao som de xingamentos contra Bolsonaro

Sem titulo 141

Durante discurso na manifestação que pede o impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), dançou ao som de xingamentos contra o presidente. O ato, convocado pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e Movimento Vem Pra Rua, ocorre na Avenida Paulista desde o início da tarde deste domingo (12/9).

Enquanto os manifestantes gritavam: “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu”, Doria dançou e se divertiu com os xingamentos.

Veja o vídeo:

Em sua fala, Doria afirmou que não há como ser neutro diante de um governo negacionista. Na ocasião, ele cumprimentou o presidente do partido, por conduzido a sigla para a oposição.

“Quero cumprimentar o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, por ter conseguido na executiva, votar e aprovar que o PSDB, a partir de agora, seja um partido de oposição, não mais um partido independente, neutro. Aliás, não há como ser neutro diante de um governo negacionista e incompetente como esse. O PSDB está cumprindo seu papel. Ficarão no PSDB aqueles que fizerem oposição a Jair Bolsonaro”, afirmou o governador de São Paulo.

Além de Doria, o protesto na tarde deste domingo teve a participação de Ciro Gomes (PDT), do ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta, a senadora Simone Tebet (MDB-MS), entre outros políticos e personalidades.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.