Em Laços de Família, Helena descobre que Camila tem leucemia e se desespera

Uma notícia devastadora abalará as estruturas psicológicas de Helena (Vera Fischer) e Edu (Reynaldo Gianecchini) nos próximos capítulos de Laços de Família. Isso porque eles ficarão sabendo pelo médico que se encontrará cuidando de Camila (Carolina Dieckmann) no hospital que ela está com leucemia na trama de Manoel Carlos.

“Eu precisava conversar com vocês”, dirá o doutor César (Luiz Baccelli), deixando a veterana bastante preocupada. “O que aconteceu com a Camila”, vai querer saber a personagem de Vera Fischer, aflita.

“Nós temos um problema, a Cláudia me chamou ontem para eu ver a Camila porque ela tinha alterações bastante preocupantes no hemograma”, explicará o profissional, que, em seguida, falará que fez todas as checagens para constatar de fato qual o real problema da estudante.

Logo depois, a mãe de Fred (Luigi Baricelli) vai querer saber mais detalhes sobre as alterações apresentadas no exame. “A Camila tem grande aumento na produção de um grupo de elementos no sangue, os glóbulos brancos”, responderá o hematologista. “Ela está doente”, perguntará Alma (Marieta Severo), que também está acompanhada do ex-casal de namorados.

Sem mais arrodeios, César, então, informará a eles que a jovem apresenta uma leucemia, ou seja, um câncer no sangue, o que causará desespero na amiga de Miguel (Tony Ramos). “Não… não, não é possível”, gritará a protagonista, que será consolada pelo galã.

Em seguida, o personagem de Luiz Baccelli ainda afirmará que a doença é do tipo mieloide aguda e que seu tratamento é realizado com quimioterapia. “Esse tratamento é feito com a paciente internada. Usaremos drogas venosas. O tratamento é longo e sujeito a muitas complicações”, avisará o doutor.

“E a cura”, questionará a dona do haras. “Alguns especialistas consideram um número muito elevado de leucócitos como um fator de mal prognóstico da doença”, responderá César. Helena, por sua vez, entrará em pânico com a possibilidade de sua filha não conseguir sobreviver, mas Cláudia tentará amenizar a situação e tranquilizá-la em relação a isso.

“É muito cedo para fazer qualquer prognóstico, o importante, agora, é começarmos a fazer a quimioterapia o mais rápido possível. Diante do quadro clínico da Camila, eu diria que o ideal seríamos começar agora”, ressaltará o médico.

Na sequência, ele continuará reforçando a importância de dar início logo ao tratamento e, ao mesmo, explicando como tudo será feito, já que a sobrinha de Íris (Deborah Secco) não estará sabendo de nada, o que facilitaria melhor sua recuperação. “Mas o importante é que a Camila seja informada o quanto antes sobre o tratamento e sobre a doença”, finalizará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0