Em encontro, Lula e Eunício Oliveira conversam sobre 2022 e pandemia

lula encontra eunicio oliveira em brasilia 868x644 1

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou com o ex-senador e presidente do MDB no Ceará Eunício Oliveira nesta 3ª feira (4.mai.2o21), em Brasília.

Os políticos conversaram sobre as alianças regionais para as eleições de 2022 e sobre a pandemia.

Lula chegou à capital na 2ª feira (3.mai), e vem participando de reuniões. Sua equipe nega cunho eleitoral da agenda.

Em publicação em seu perfil no Instagram, Eunício classificou a conversa como “agradável e produtiva”. Afirmou que o diálogo também envolveu a preocupação com os mais pobres, o desemprego e a “questão da fome que assola milhares de cidadãos no Brasil”. 

Mais cedo, o ex-presidente se reuniu com o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) e reforçou o convite para que o congressista  se filie ao PT.

Na ocasião, também participaram a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), o líder do PT na Câmara, o deputado federal Bohn Gass, e os senadores Rogério Carvalho (PT-SE),  Jaques Wagner (PT-BA) e líder do PT no Senado, o senador Paulo Rocha (PT-PA).

Assim que chegou a Brasília, na 2ª feira (3.mai), o ex-presidente Lula se encontrou com o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), a cineasta e mulher de Freixo, Antonia Pellegrino, a presidente nacional do PT Gleisi Hoffmann, o deputado federal José Guimarães (PT-CE), o ex-ministro da Educação, ex-prefeito de São Paulo e candidato à Presidência em 2018,  Fernando Haddad, e o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP). Lula afirmou que “conversou sobre o futuro do Rio de Janeiro e do Brasil. E sobre urgência do auxílio emergencial de R$ 600 para combater o avanço da fome o avanço da miséria no país”.

É a 1ª viagem nacional de Lula depois de o STF (Supremo Tribunal Federal) anular as condenações da Lava Jato. Ele agora está elegível e apto a disputar a eleição presidencial de 2022. Pesquisa PoderData já revelou que o petista teria 18 pontos de vantagem sobre Jair Bolsonaro em um eventual 2º turno na disputa pelo Palácio do Planalto. Lula teria 52% contra 34% do atual presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.