Elize Matsunaga deixa penitenciária para saída temporária segurando cartaz para a filha

Sem titulo 360

Elize Matsunaga, presa por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, deixou nesta terça-feira (14) a Penitenciária de Tremembé para saída temporária. Na ocasião, ela segurava um cartaz com mensagem para a filha com os dizeres “Minha filha sempre te amarei além da vida”. A menina é filha de Elize com Marcos e desde o crime está sob a tutela dos avôs paternos.

Quem também deixou a penitenciária nesta terça-feira foi Suzane Von Richthofen, condenada por matar os pais em 2002 e Anna Carolina Jatobá, condenada no caso Isabela Nardoni. Outras detentas da unidade saíram do local e devem retornar até segunda-feira (20), quando se encerra o período de liberdade temporária.

Essa é a terceira saída temporária concedida aos detentos de São Paulo, após as mudanças por conta da pandemia de Cøvid-19. Têm direito ao benefício os presos que estão em regime semiaberto, que já cumpriram parte da pena e apresentam bom comportamento. Entre o Natal e o Ano Novo desse ano as detentas ainda devem ter mais uma saída.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.