Divulgado prints da conversa entre Tom Veiga e um amigo em que o ator afirma ter sido agredido por Cybelle

Design sem nome 99

A história polêmica de Tom Veiga, o Louro José, com sua última mulher, Cybelle Costa, não para de crescer. Desta vez, sua segunda mulher e mãe de dois de seus filhos, Alessandra Veiga, deu detalhes ao Jornal Extra sobre a agressão física de Cybelle contra o ator, em setembro do ano passado, que culminou na separação do casal.

Como se isso não bastasse, Alessandra também divulgou os prints da conversa que teria tido com o ex marido, com os relatos do ocorrido. Ao jornal do Grupo Globo, ela afirmou que Tom Veiga teria pedido segredo pois “tinha vergonha” de tudo o que aconteceu.

Alessandra Veiga em conversa com Tom Veiga, o Louro José (Foto: Reprodução)

Na conversa divulgada, o amigo de Ana Maria Braga conta que foi brutalmente agredido e que depois do quebra-pau, tem vivido à base de calmantes. Indo mais além, Louro José contou que na ocasião fugiu de casa só com a roupa do corpo, descalço e com medo de Cybelle Costa.

Alessandra Veiga e Tom Veiga (Foto: Reprodução)

Tudo isso teria acontecido após o ator proibir o filho da ex de comer dentro da piscina de sua casa. Com isso, a loira fez a vontade do filho e então a discussão começou.

Alessandra Veiga em conversa com Louro José, Tom Veiga (Foto: Reprodução)

TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Vale ressaltar que toda a conversa divulgada por Alessandra Veiga vai de encontro ao que foi relatado pela empregada de Tom Veiga, Josenilde de Cássia Santos Silva, em um boletim de ocorrência, que foi divulgado por Léo Dias nesta terça-feira (06). Inclusive, o B.O. foi registrado como uma tentativa de homicídio.

A funcionária teria ido à delegacia 33 dias após o ator ter sido encontrado morto sozinho em seu apartamento. Ela ainda relatou ao colunista do Metrópoles que após a briga, o patrão pediu para que ela chamasse um chaveiro com o intuito de Cybelle não ter mais acesso à residência.

MORREU DIAS ANTES

Dando mais força à história, um amigo próximo do papagaio mais amado do Brasil relatou ao Jornal Extra que três dias antes de morrer, Tom Veiga o pediu para acompanhá-lo ao cartório para retirar o nome da ex de seu testamento. No entanto, isso não aconteceu pois ele faleceu.

Tom Veiga ao lado de Cybelle Costa (Foto: Reprodução/Instagram)

Um valor chocante estaria destinado à Cybelle Costa, sendo 50% da herança destinada à ela, enquanto os outros 50% deveriam ser dividido entre os quatro filhos de Louro José, só que com toda a história, os familiares do papagaio entraram com uma ação civil para anular o valor destinado à ex.

Indo mais além, Léo Dias informou que um amigo próximo da família contou que a família de Tom Veiga quer exumar o corpo do ator pois estão suspeitando de envenenamento. O ator já havia expressado medo de perder sua vida e chegou a instalar câmeras de vigilância em sua residência, tudo isso após a briga com Cybelle Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.