Dirigente do Atlético MG vai pedir a anulação do jogo; veja

inbound8768677790195077550

Em entrevista à “Rádio Grenal”, José Murilo Procópio, vice-presidente do Atlético-MG, avaliou um lance polêmico do jogo contra o Palmeiras. Antes de Dudu marcar o gol de empate do Verdão, Deyverson, que estava entre os reservas, acabou ultrapassando a linha lateral, adentrando o campo de jogo. Dessa forma, o momento gerou uma grande discussão nas redes sociais, com torcedores do Galo defendendo um possível pedido de anulação da partida.

Apesar disso, o dirigente garantiu que nenhuma ação está, no momento, sendo estudada nos bastidores. Neste cenário, caso a Conmebol não se manifeste sobre o assunto, a postura do Galo será respeitar a decisão da arbitragem, que validou a jogada.

“Não! Isso não está na nossa agenda, entrar com algum pedido nesse sentido. Vamos esperar, se houver alguma denúncia… Acho que isso não partirá da gente, esse é o entendimento nosso no horário de hoje”, disse.

Veja abaixo o momento.

Além disso, José Murilo Procópio afirmou que o Atlético-MG segue focado em seus objetivos. Citando que o projeto do clube possuem metas de longo prazo, o diretor exaltou a campanha do time na Libertadores, acreditando que a eliminação ocorreu por conta de detalhes.

“O luto, no máximo, são 24h, mas para nós nem foi tanto. Estamos planejando um novo Atlético, que seria para o próximo ano. Tivemos até a ousadia de estar nessa situação. Jogamos a Libertadores sem perder um jogo, foi questão de detalhes”, expressou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.