Cristiano Ronaldo proíbe mãe de assistir seus jogos

Sem titulo 91

O jornalista britânico Piers Morgan, amigo pessoal de Cristiano Ronaldo, revelou no jornal inglês Daily Mail que o jogador proibiu a própria mãe de assistir a suas partidas mais importantes.

De acordo com a reportagem, Dolores fica tão nervosa ao ver Cristiano jogar que chegou a desmaiar duas vezes no estádio, uma deles quebrando os dentes. O jornalista, que fala semanalmente com o atleta e com quem jantou num prestigioso restaurante de Turim quando o jogador ainda era da Juventus, lembrou as palavras do atacante.

Sem titulo 89 Sem titulo 90

“Olha, eu não tenho mais pai. Não quero perder minha mãe também, então você não vai ver as quartas, semifinais ou finais”, afirmou o jornalista, se referindo as palavras que teriam sido ditas por Cristiano. Vale lembrar que, em 2000, a mãe do jogador sofreu um derrame cerebral.

Piers Morgan lembrou ainda que o jogador fala sempre sobre as dificuldades que a mãe enfrentou. “Ela trabalhou muito para dar o melhor de si pelos filhos e principalmente por mim porque era o caçula da família. Ela sofreu para me dar a oportunidade. Lembro-me de quando tinha 12 anos e disse-lhe que queria ir para Lisboa para jogar no Sporting de Portugal. Ela me disse: ‘Filho, se é mesmo o que tu queres, não te vou cortar as pernas e te impedir. Pode ir. Vai ser difícil para mim deixá-lo, mas vá. Siga seus sonhos””, continuou a relembrar Piers Morgan sobre as palavras de Ronaldo.

Cristiano também falou abertamente ao jornalista sobre as dificuldades de ser famoso. “Quando tudo começa é ótimo. Você é famoso, é um jogador fantástico, ganha troféus, marca gols, está na primeira página do jornal, da televisão. Depois de muitos anos você vê a vida de outro jeito. Você tem namorada. Você tem filhos, quer um pouco de privacidade e não tem mais privacidade. Minha privacidade acabou. Se eu tivesse a chance agora, pagaria para ter minha privacidade de volta. As pessoas dizem: ‘Ah, mas você é rico. Você tem dinheiro, carros, casas’. Mas isso não é tudo. Acredite em mim, ser muito famoso não é bom”, continua ele.

Por fim, o jornalista lembrou um dos lamentos de Cristiano Ronaldo. “Sabe quantas vezes eu fui ao parque com meus filhos nos últimos dois anos? Zero. Se eu for, muita gente vai chegar. As crianças vão ficar nervosas, eu vou ficar nervoso, minha namorada vai ficar nervosa. Não posso ir a um bar com amigos porque sei que eles não vão se sentir à vontade comigo lá. Evito fazer esse tipo de coisa porque as pessoas ao meu redor ficam mais nervosas do que eu”, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.