Criança se recusa a tirar máscara para foto na escola e ganha vaquinha on-line

Sem titulo 23

Uma foto tirada na escola, nos Estados Unidos, do menino Mason Peoples, de 6 anos, viralizou nas redes, na semana passada. O motivo foi a máscara, proteção que a criança se recusou a retirar mesmo no momento do registro da imagem para um álbum de colégio.

“Conversamos no início das aulas sobre a importância da segurança e como os germes podem ser transmitidos se ele não estiver com a máscara. Ele usa o tempo todo”, disse a mãe do garoto, Nicole, à CNN. Ela pediu que o menino tirasse a proteção apenas na hora que fosse comer.

“Eu disse [para o fotógrafo]: ‘Não, obrigado, minha mãe me disse que eu não posso tirá-la’”, contou Mason. Segundo a mãe, ele chegou a escolher a camiseta que combinava com a cor da máscara para a fotografia.

“Ele está orgulhoso. Adora me mostrar como seguiu as regras. Então, é por isso que ele estava tão animado para voltar para casa e me contar sobre a história da foto”, disse Nicole. Ela contou que o menino costuma seguir regras, arrumando seu quarto e o mantendo sempre limpo.

Morte do bisavô

Nicole acredita que a morte por Cøvid-19 do bisavô de Mason, que a criou, tenha sido uma das razões para o menino seguir com rigor o pedido da mãe.

“Ele significava muito em nossa vida, então, Mason foi impactado, eles viram em primeira mão”, afirmou ela. “Essa experiência realmente faz Mason querer usar sua máscara e saber que ela está protegendo não só ele, mas outras pessoas, seus mais velhos e outras pessoas ao seu redor.”

Após a mãe do garoto compartilhar a história nas redes sociais, recebeu tantas mensagens carinhosas que decidiu criar uma “vaquinha” on-line para bancar futuramente a faculdade de Mason. Até domingo (3/10), 1.600 pessoas já doaram um total de U$ 33 mil, o equivalente a cerca de R$ 180 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.