Criança de 4 anos é encontrada em abrigo com caneta cravada na garganta

Sem titulo 188

Um caso misterioso e cruel intrigou moradores e trabalhadores de um abrigo para menores localizado em João Pessoa, na Paraíba. Uma criança de 4 anos foi encontrada com uma caneta cravada na garganta e com fios enrolados no pescoço. A sede do abrigo fica no bairro Pedro Gondim, na capital.

De acordo com entrevista que a delegada Joana Darc deu à TV Tambaú, a situação será tratada como tentativa de homicídio e que a mãe da criança, que é adolescente, por enquanto, é tratada como suspeita. Ela informou que o menino vive com a mãe no local há cerca de oito meses.

Testemunha informaram que logo de manhã a mãe do menino acordou gritando e informando que o filho estava machucado. Funcionário e voluntários da instituição se dirigiram ao quarto e encontraram a criança com a caneta cravada e fios das conexões de internet envoltos no pescoço da criança.

A criança imediatamente foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde segue internada em estado grave. A mãe nega ter sido a autora da violência.

A delegada Joana Darc mencionou que mãe e filho dormiam sozinhos no quarto, que a adolescente já passou por vários abrigos e que mencionou um pesadelo durante a madrugada. Esses elementos, segundo a delegada, levantam indícios de que pode ter havido um episódio de surto psicótico.

Após ser ouvida, a adolescente segue detida na carceragem da Central de Polícia, no bairro do Geisel. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.