dentro

Criança de 2 anos sofre corte na cabeça após teto de creche cair sobre ela

O acidente aconteceu em uma sala de aula na escola de ensino infantil Bernadete Costa Nolla, no bairro Lagoão, e acabou provocando um corte na cabeça da garota.

Segundo a Secretaria de Educação e Cultura de Araranguá ( Paraná) , em nota, a aluna foi rapidamente socorrida pelas professoras e funcionárias da creche e encaminhada ao pronto atendimento.

Na unidade hospitalar, conforme a pasta, ela recebeu todos os cuidados e realizou os exames necessários para aferir a gravidade do ferimento, permanecendo por algumas horas em observação e, posteriormente, recebeu alta médica.

“Agora graças a Deus ela está bem. Dormiu e acordou algumas vezes durante à noite um pouco enjoadinha, mas acredito que seja por causa da pancada e no mais ela está se sentindo bem”, comentou o pai da garota, Édipo Merêncio.

Em seu perfil na web, ele também compartilhou o momento em que a filha se recuperava na UPA e descreveu toda a situação como “um grande susto”.

Por conta do ocorrido, as aulas na creche foram suspensas na quinta-feira (31) para que os engenheiros da prefeitura e técnicos da Defesa Civil possam elaborar um laudo sobre a situação do prédio.

A Secretaria de Educação informou que com o documento concluído tomará todas as medidas possíveis para garantir a segurança e integridade dos alunos e colaboradores do local.

O que provocou a queda?

Em nota, a Secretaria revelou que a unidade escolar foi inaugurada em 2009 e é relativamente nova para os padrões de construções. No entanto, admitiu que a falta de manutenção ao longo desses anos provocou a queda da estrutura.

“Não nos eximiremos de quaisquer responsabilidades pelo fato ocorrido, e nem mesmo das responsabilidades que este fato nos traz a partir de agora. Vamos primar pela segurança e bem-estar de nossos alunos e colaboradores e manteremos a comunidade ciente das ações que faremos para solucionar o problema”, diz a nota.

Ainda no comunicado, a pasta lamentou o caso. “Aos pais e à nossa aluna, segue o nosso fraterno abraço e reiteramos que lamentamos profundamente pelo ocorrido e que seguiremos inteiramente à disposição para ajudar no que for necessário”.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.