Convocado pela Alerj, Sérgio Camargo reage: “Palhaçada”

E84ACBB2 4A50 43BE A847 C5FFE7BA27E0

Nesta quarta-feira (25), o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, usou as redes sociais para se manifestar sobre sua convocação para a CPI da Intolerância Religiosa, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Ele foi convocado porque decidiu abrir um concurso público para substituir o logotipo da fundação, feito em homenagem ao orixá Xangô.

– Se a Palmares escolhesse a genitália ou folhas de maconha para novo logotipo, a esquerda não estaria surtada. Muito pelo contrário. Aplaudiria! (…) Palhaçada! (…) Uma CPI da Alerj vai me convocar sob a alegação difamatória e caluniosa de “racismo religioso”. Resta saber se deputados estaduais têm a prerrogativa de inquirir gestor federal. Em tempo: racistas são eles – escreveu Sérgio, no Twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.