Comerciante compra caixas de cerveja sem nota fiscal e descobre que garrafas estavam cheias de urina

caixas de engradado de cervejas lembrancinhas

Embora o ocorrido, comerciante não pode fazer denúncia, pois não tem nota fiscal da compra

Se você é um comerciante ou consumidor comum, quando vai comprar, por exemplo, uma caixa de cerveja, com total certeza imagina que as embalagens conterão este produto, certo? De toda forma, um caso ocorrido recentemente na cidade paraguaia de San Lorenzo, ilustra uma situação bastante inusitada. Ficou curioso e quer saber mais?

De acordo com detalhes compartilhados pelo portal Publimetro Chile, Óscar Cantero, de 32 anos, que é dono de um bar e foi o comerciante afetado, explicou em entrevista que três sujeitos o abordaram e ofereceram as cervejas por um valor atrativo. Em sua conversa, o homem explicou ainda que notou que as tampas das garrafas pareciam gastas, como se tivesse sido manuseadas, porém reforçou que as embalagens “não aparentavam mau estado”.

Adquirindo 3 caixas, cada uma por aproximadamente 90 mil guaranis, o equivalente a R$ 73,45/cada (câmbio de 03-11-2021, às 14h26, horário de Brasília), Cantero disse que recebeu diversas reclamações de seus clientes em relação ao gosto da bebida e foi então que percebeu que havia sido vítima de um golpe.

Na entrevista, Óscar relatou ainda que pensou em adquirir mais produtos, caso as 3 caixas de teste dessem certo, até que se deparou com a “surpresa”.Por fim, embora o ocorrido, o comerciante não conseguiu realizar a denúncia à polícia, pois não conta com a nota fiscal do produto adquirido.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.