Com permissão da mãe, homem “namorava” menina de 13 anos e abusava da cunhada de 8

Screenshot 20211216 110614

Mãe foi presa porque permitiu que o rapaz, de 19 anos, vivesse maritalmente com sua filha

Um homem que mantinha um relacionamento amoroso com uma menor de 13 anos e abusava sᕮxualmente da irmã dela, de 8, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (15). A prisão foi realizada pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) de Cuiabá, Mato Grosso.

Além da prisão do suspeito, de 19 anos, por estupro de vulnerável, a mãe das menores, de 33 anos, também foi atuada em flagrante pelo mesmo crime, uma vez que permitia que a filha, adolescente, mantivesse o relacionamento marital com o jovem.O caso chegou ao conhecimento da Deddica após a mãe das vítimas procurar o Posto de Saúde, para atendimento da filha de 08 anos, que apresentava vermelhidão nas partes íntimas.

Após a consulta, o Conselho Tutelar foi acionado sobre a situação, a mãe e as meninas foram conduzidas para a Deddica.A menina de 8 anos passou pela equipe psicossocial e revelou os abusos praticados pelo convivente da irmã. Segundo a menor, a mãe chegava tarde do trabalho e o suspeito aproveitava quando a irmã ia dormir para ir ao seu quarto praticar os abusos.

Diante dos fatos, os policiais foram até a residência da família, onde o suspeito foi encontrado na companhia da adolescente de 13 anos e da irmã dela.Ele foi conduzido à Deddica, onde questionado, confessou que tem relacionamento amoroso com a adolescente há cinco meses e que havia mantido relações sexuais com ela naquele dia.

Diante do fato, o suspeito foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra a adolescente e responderá em inquérito policial pelo mesmo crime em decorrência dos abusos praticados contra a irmão.A mãe das menores também responderá pelo crime de estupro de vulnerável uma vez que permitia que o suspeito convivesse como marido de sua filha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.