Com depressão e ansiedade, Luísa Sonza explica sumiço das redes: 'Foi uma fuga'

AAMk33F

Voltando com tudo para a mídia, Luísa relembrou os ataques que sofreu.

Com depressão, ansiedade e sofrendo com crise de pânico, Luísa Sonza explicou seu sumiço de um mês das redes sociais após receber vários ataques depois que o filho de Whindersson Nunes, seu ex-marido, com Maria Lina Deggan morreu. “Essa pausa na verdade foi só uma fuga”, desabafou a cantora, que lançou o álbum Doce 22 neste domingo (18). 

Em entrevista à revista GQ, Luísa declarou que ainda não se sente segura para sair na rua, mas que precisou voltar a trabalhar e decidiu lançar o álbum que vinha trabalhando há mais de um ano. De acordo com a artista, o público conhecerá a verdadeira Luísa Gerloff Sonza, natural de Tuparendi, no Rio Grande do Sul. 

“Foi um álbum que demorei 14 meses pra fazer. Fui produtora, diretora criativa, compositora, roteirista, co-diretora… Esse álbum tomou conta da minha vida de uma maneira esquisita. Foi uma experiência incrível pra lançar no dia 22 , mas não tive condições de lidar com tudo”, diz ela. 

“Tenho uma equipe grande que depende de mim e fãs. Essa pausa na verdade foi só uma fuga, mas quando eu voltei estava tudo do mesmo jeito e o trabalho acumulado”, lamentou a dona do single ‘Modo Turbo’.

No novo álbum, a namorada de Vitão conta com a parceria de Lulu Santos, Ludmilla, Jão e dos norte-americanos 6Black e Mariah Angeliq para falar de amor, tristeza, dinheiro, e não se sentir amada. 

“Nunca me joguei desse jeito e expus minhas vulnerabilidades como estou fazendo nesse álbum. Estão sendo dias muito intensos, eu diria, mas acho que também seja um ato de coragem. “Tudo veio sem filtro e de forma muito sincera. Comecei a escrever as músicas e foi saindo… É um álbum muito inconsciente, foi tudo trasbordando”, defendeu a loira. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.