dentro

Com aval da 777, Vasco estuda situação do colombiano James Rodriguez

Craque da Copa do Mundo de 2014, James Rodriguez saiu do radar dos torcedores do futebol brasileiro quando saiu do Everton na temporada passada. O meia colombiano está atualmente no Al-Rayyan, do Catar. O jogador preferiu receber um salário muito grande do que seguir atuando com pouco espaço na Europa, e saiu do centro das atenções dos principais mercados globais.

Porém, um clube brasileiro lembrou do jogador e fez uma consulta sobre sua situação contratual. Trata-se do Vasco da Gama, que depois da negociação de sua SAF com o 777 Partners sinaliza estar em busca de voos mais altos no mercado global. O clube contatou o estafe do jogador para saber como está sua situação e entender como o jogador enxerga uma volta para a América do Sul.

O negócio, entretanto, não é fácil. James Rodriguez ganha um salário que foge completamente da realidade brasileira em seu atual clube. Portanto, o Vasco teria que contar com a aceitação de uma negociação com valores bem abaixo dos atuais. Mas isso pode ser possível porque o atleta está descontente no Catar e acredita que está estagnado em sua carreira.

Uma vinda para o Brasil poderia reacender a chama da carreira de James, que vem decaindo desde que o jogador chegou ao Real Madrid, na temporada 14/15. De lá para cá, o jogador, que era considerado uma enorme promessa, nunca se firmou. Depois de três temporadas na Espanha, James foi emprestado para o Bayern de Munique, onde também não conseguiu mostrar seu melhor futebol e acabou retornando em 2019.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.