Com 3 desistências para reforços no ataque, Palmeiras pode repatriar dois velhos conhecidos

inbound2742605065093706847
Academia de Futebol.

THIAGO GOMES

Thursday, May 6, 2021

 

Facebook

 Twitter Pinterest WhatsApp

Valentin Castellanos, Rafael Santos Borré e Ademir. Os três atacantes estavam negociando com o Palmeiras, mas nenhum deles fechou de fato. Castellanos, que esteve perto de ser anunciado, teve sua viagem vetada pelo Grupo City. Vai permanecer nos Estados Unidos.

Já Rafael Santos Borré esteve próximo, mas quem desistiu foi o próprio Palmeiras. Foram oferecidos R$ 80 milhões entre luvas, contrato e salários por quatro anos. Depois de analisar os números da pandemia no Brasil, a diretoria acabou desistindo do negócio. Era arriscado demais despejar essa quantidade de dinheiro em cima de um atacante.

Ademir, do América-MG, chegou até a ficar de fora de alguns jogos na equipe mineira, mas foi reincorporado. A diretoria do Coelho exigiu mais dinheiro e o Palmeiras acabou pulando fora do barco. Ao todo, seriam gastos R$ 6 milhões na transação.

Borja e Deyverson

Diante da falta de perspectiva de mercado e tentando gastar menos, o Palmeiras pode buscar solução caseira para a temporada: Borja e Deyverson tem chances reais de serem incorporados ao elenco.

Borja vive momento brilhante no Junior Barranquilla, da Colômbia, e quase voltou ao Brasil em janeiro. Teve conversas com Abel Ferreira e pediu para jogar a final da Libertadores. O português vetou.

O caso de Deyverson é diferente. Ele tem apenas um gol em 27 partidas pelo Alavés e tem forte rejeição por parte da torcida do Palmeiras. Seu histórico de brigas, confusões e expulsões revelam falta de controle emocional. Com temporada cheia de jogos, não se pode correr o risco de problemas de relacionamento no grupo.

Ambos os atletas tem contrato de empréstimo até 30 de junho. A decisão sobre o futuro caberá ao Palmeiras, que é dono dos passes. A dupla de ataque recebeu forte investimento para defender o Alviverde: R$ 52 milhões.

No momento, a diretoria palmeirense pausou as buscas por novos reforços e aguarda conversas com Abel Ferreira e comissão técnica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.