dentro

Com 105 anos, idosa faz tatuagem e quer entrar para o Guinness

Uma idosa moradora de Sobradinho completa nesta quinta-feira (7/4) 105 anos e busca a entrada no Guinness Book, o livro dos recordes, como presente de aniversário. Segundo a família, Epifânia Maria de Jesus, conhecida como Vó Pifa, é a mulher mais velha do mundo a realizar uma tatuagem.

Nascida em Correntina (BA), em 1917, ela é cantora, poetisa e piadista. Teve 18 filhos e, somando netos, bisnetos e tataranetos, chega a mais de 100 pessoas. “A ideia da tatuagem veio pela primeira vez no aniversário de 90 anos. Eu achei que era uma brincadeira, mas ela levou a sério. Não só fez aquela, como realizou outras com 98 e 101 anos”, conta o neto Engels do Espírito Santo, 48.

Ele diz que a família até tentou fazer com que a matriarca desistisse de passar novamente pelo procedimento, mas foi impossível. “Por causa da saúde, tentamos convence-la, mas foi impossível. Me xingou todo e disse que já teve 18 filhos e isso não seria problema”, brinca.

A nova tatuagem foi marcada para ser realizada neste sábado (9/4) e a ideia é conseguir colocá-la no livro dos recordes. “Ela já ganhou o prêmio como a mais velha da América Latina a fazer tatuagem, mas acredito que seja do mundo também”, diz o neto. Veja o vídeo da terceira tatuagem de Vó Pifa:

https://youtu.be/3oBxAexmK3o?list=PLBZKD7M3UhoLX5f-sARJjzO1TvtsGAYxy

Relatório

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.