Clima Tenso: Organizada do Palmeiras cobra jogadores antes do clássico

inbound8160354443387480872

Às vésperas do clássico contra o São Paulo, pela partida de ida das quartas de final da Libertadores, a Mancha Verde utilizou as suas redes sociais para incentivar o time. A torcida organizada destacou a importância do Choque-Rei desta terça-feira e pediu para os jogadores acordarem.

“No mundo do futebol, o termo ‘acorda’ é usado quando o time está ‘dormindo em campo’. Você só pode acordar aquele que tem potencial, só que está adormecido por algum motivo. Você não pode acordar quem não tem o que entregar. Nesta terça-feira, temos um jogo que não é apenas um jogo, é a história sendo escrita. Temos uma dívida na Libertadores contra o São Paulo e chegou a hora de cobrar e mudar a escrita das 4 eliminações”, escreveu.

Na sequência, a Mancha citou jogador por jogador, incluindo o técnico Abel Ferreira, destacando as qualidades que cada um precisa despertar em si. No caso do treinador, a torcida ressaltou o potencial que ele tem, mas pediu mais consciência na hora das substituições.

“Abel Ferreira: és um técnico promissor. Tem tudo para se tornar um treinador de primeiro escalão na Europa. Quando finalizar sua passagem vitoriosa no Palmeiras, sairá do Brasil como o sucessor do José Mourinho, só que, para isso, precisa acordar, evitar os erros de substituições e voltar à humildade de quando chegou. Tem potencial e, para crescer, é preciso vencer! Basta ‘acordar'”, disse.

Outro ponto de destaque é o recado para os garotos que recentemente subiram das categorias de base, como Renan, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo, Gabriel Veron e Wesley. A organizada pediu para que eles “acordem do sonho e vivam a realidade”.

“É hora de virar a chave de promessas para realidades do futebol brasileiro. Só depende de vocês não viver de sonho e ‘acordar'”, apontou.

São Paulo e Palmeiras começam a definir quem avança às semifinais da Libertadores às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira, no Morumbi. Em três confrontos mata-mata, o Verdão jamais conseguiu eliminar o Tricolor em Libertadores.

Veja o texto da Mancha Verde na íntegra:

ACORDA

No mundo do futebol, o termo “acorda” é usado quando o time está “dormindo em campo”. Por exemplo, “fulano de tal” está mal e precisa acordar para o jogo.

Você só pode acordar aquele que tem potencial, só que está adormecido por algum motivo. Você não pode acordar quem não tem o que entregar.

O nosso treinador, Abel Ferreira, tem um dilema de 24 horas, ou seja, são 24 horas para comemorar as vitórias ou 24 horas para lamentar as derrotas.

Nesta terça-feira, temos um jogo que não é apenas um jogo, é a história sendo escrita. Temos uma dívida na Libertadores contra o São Paulo e chegou a hora de cobrar e mudar a escrita das 4 eliminações.

Por isso, pedimos para ACORDAR aqueles que têm a capacidade de entregar.

Abel Ferreira: és um técnico promissor. Tem tudo para se tornar um treinador de primeiro escalão na Europa. Quando finalizar sua passagem vitoriosa no Palmeiras, sairá do Brasil como o sucessor do José Mourinho, só que, para isso, precisa ACORDAR, evitar os erros de substituições e voltar à humildade de quando chegou. Tem potencial e, para crescer, é preciso vencer! Basta “acordar”.

Weverton: o melhor goleiro em atualidade no Brasil. Foi no Palmeiras que “acordou” e se consagrou. Basta manter.

Marcos Rocha: ninguém é bi-campeão da Libertadores à toa. Ninguém joga vários anos em clube de massa à toa. Não precisamos voltar muito no tempo, o Marcos Rocha da final contra o Grêmio estava “acordado” e é o que precisamos nesses jogos da Liberta.

Mayke: foi contratado pelo Palmeiras pelas ótimas temporadas feitas no Cruzeiro. No próprio Palmeiras já foi importante no título Brasileiro de 2018.

Gustavo Gómez: de reserva no Milan para ser considerado o melhor zagueiro da América. Sempre esteve “acordado” e nessas finais tem que manter o ritmo.

Luan: muitas vezes criticado, algumas falhas em momentos cruciais, só que já formou com Gómez uma zaga segura. Há 5 anos foi medalha de ouro nas Olimpíadas e uma revelação do Vasco, esperança de zagueiro para o Brasil. Aquele Luan precisa “acordar”.

Crias da Base: G. Menino, P. de Paula, Renan, G. Veron, Wesley e Danilo: há 1 e meio, vocês sonhavam com o sucesso e ele chegou pela categoria e talento que todos vocês possuem. Se é difícil chegar, o pior é se manter. Acordem do sonho e vivam a realidade. Futebol de qualidade todos vocês possuem e agora é hora de virar a chave de promessas para realidades do futebol brasileiro. Só depende de vocês não viver de sonho e “acordar”.

Felipe Melo: o multicampeão, o capitão, o guerreiro, o que impõe respeito. Só precisa acordar esse Pitbull.

Zé Rafael: aquele do Bahia que todos queriam ou aquele do Palmeiras que mudou de posição e virou o trem. Acorde esse Zé.

Raphael Veiga: qualidade técnica apurada, gols importantes, aquele que não perde pênalti. É esse Veiga que precisa “acordar” nessas finais. Você tem o sangue verde.

Gustavo Scarpa: esse acordou esse ano. Mostrou que o risco na contratação era válido. Tem um futuro brilhante quando está “acordado” em campo.

Luiz Adriano, Rony, Deyverson, Willian e Dudu: todos vocês foram importantes em algum momento. Luiz Adriano, o exterminador de gambá. Rony Rústico, o rei da Libertadores. Deyvinho, do chip ao herói do Brasileiro de 2018. Willian, o bigode, melhor custo-benéfico. E o Dudu, o ídolo… O craque de três vezes bola de ouro.

São atacantes que têm potencial desde que estejam “acordados” e com vontade.

Piquerez, Matheus Fernandes e Jorge, sejam bem vindos. Esse é o Palmeiras, maior campeão nacional.

Breno Lopes; aquele que na final da Libertadores não deixou ninguém dormir com o gol histórico. Seja sempre decisivo.

Victor Luis: hoje um dos maiores alvos das críticas. É uma cria da base e literalmente o torcedor em campo. Mude a opinião dos críticos e “acorde” honrando as cores do time que você torce.

TERÇA-FEIRA

Não será apenas um jogo, não será apenas um duelo contra o rival.

ACORDEM, ACORDEM e ACORDEM!

Não basta ter mais elenco, não basta ter apenas talento, é necessário estar ACORDADO durante os 90 minutos e mostrar que, de fato, são superiores na técnica, na vontade e na garra.

A Torcida não estará presente fisicamente, mas acreditamos no PALMEIRAS e acreditamos em VOCÊS, treinador e jogadores.

“Tem que jogar com a alma e o coração”

Joguem com as nossas almas e tenham os nossos corações.

PRA CIMA PALMEIRAS

AVANTI PALESTRA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.