Churrasco para se esbaldar sem fazer mal: saiba como fazer

churrasco3

Quem não gosta de um churrasco no final de semana? Uma das favoritas dos brasileiros, a refeição é sinônimo de festa, comemoração e estar na presença de familiares e amigos. Mais do que a preocupação com as calorias, é um momento de descontração.

Para a nutricionista Tacianny Barboza, o churrasco não é um “bicho de sete cabeças” e é mais do que permitido, afinal, a base principal da preparação é a carne. “A carne é proteína, um dos nutrientes mais importantes para o nosso corpo. Então, por qual motivo ela seria uma vilã no churrasco? Além disso, não é todo dia que comemos esse tipo de refeição. Por isso, para não fugir muito do plano alimentar, basta atentar-se aos alimentos que serão consumidos, prezando pela qualidade e quantidade”.

É possível aproveitar uma refeição como o churrasco sem deixar os nutrientes de lado e de forma saudável. Em comemoração ao Dia do Churrasco, celebrado em 24 de abril, o Minha Vida reuniu cinco dicas para aproveitar a ocasião:

Como fazer um churrasco saudável

Carne vermelha no churrasco.

1. Opte por cortes magros de carne vermelha

O miolo de alcatra é a melhor escolha quando o assunto é um churrasco saudável pois, além de saboroso, ele é mais magro em comparação a outros cortes. Porém, pelo fato de ter pouca gordura, esse tipo de carne pode ficar muito seca depois de assada, por isso é importante não esquecê-la na churrasqueira. Caso você não resista a carnes mais gordas, como a picanha e o filé mignon, uma boa dica é retirar a capa de gordura. A costela suína e a bovina também são cortes mais gordos.

Carne branca no churrasco.

2. Garanta a presença das carnes brancas

O frango e o peixe são ótimas opções para um churrasco mais saudável. Prefira o frango sem pele, já que ela acumula muitas calorias. Já o peixe, além de ser mais magro, é digerido com mais facilidade e é rico em ômega 3, um grande aliado do coração. A forma mais saborosa de preparar o peixe na brasa é com temperos, como ervas, podendo embalar ou não no papel alumínio.

Linguiça no churrasco.

3. Fuja dos alimentos embutidos

Alimentos como a linguiça devem ser evitados, pois são ricos em conservantes, sódio e gordura, que provocam retenção de líquido e aumento de peso. Por isso, o ideal é não exagerar nesse tipo de alimento.

Salada no churrasco.

4. Invista nas saladas e frutas

Para acompanhar a carne, nada melhor do que uma porção de salada variada, com folhas como rúcula e agrião, palmito, tomate e diversos outros vegetais. Já as frutas também são muito bem-vindas, pois incluem fibras, vitaminas e minerais nas refeições. Alguns desses alimentos podem, inclusive, ser preparados na churrasqueira também. O abacaxi e a banana, por exemplo, são ótimas opções de sobremesas assadas: basta adicionar uma pitada de canela em pó.

Suco de abacaxi no churrasco.

5. Atenção para as bebidas

O refrigerante é uma das bebidas que, se possível, deve ser deixada de lado por conta do excesso de açúcar, sódio e conservantes. Por isso, opte por sucos naturais, como o de abacaxi com hortelã que, quando consumido sem açúcar, possui poucas calorias e ainda auxilia na digestão, além de ser refrescante. Caso faça questão de consumir bebidas alcoólicas, prefira as opções mais leves. Além disso, procure manter a boa hidratação, intercalando sempre com um copo de água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.