Chuchu fermentado: receita probiótica para regularizar o intestino

Sem titulo 301

Com esta receita probiótica, você vai regularizar o seu intestino e aproveitar os benefícios do chuchu.

Para que o corpo tenha um bom desempenho, tanto no aspecto físico quanto mental, ele precisa de vitaminas e minerais diariamente.

Diante disso, manter uma alimentação saudável e equilibrada é essencial, mas, infelizmente, a dieta adotada por muitas pessoas deixa a desejar.

O consumo excessivo de proteínas e gorduras, além da deficiência em fibras, traz vários aspectos negativos para a saúde.

Dentre esses efeitos nocivos estão os distúrbios que acometem a microbiota intestinal e o sistema gastrointestinal.

Nesse quadro, os microrganismos patogênicos, que são as bactérias consideradas do mal, “dominam” o nosso intestino.

Para mudar essa condição e diminuir a multiplicação desses microrganismos patogênicos é necessário estimular as bactérias boas.

Umas das opções é o consumo de probióticos, microorganismos vivos que facilitam a digestão e a absorção de nutrientes.

Além de auxiliar no tratamento de problemas intestinais, também fortalece o sistema imunológico, nos deixando menos suscetíveis à doenças.

O mercado alimentício dispõe de vários produtos com essa finalidade, no entanto, a maioria é de origem láctea.

Nesse caso, intolerantes à lactose e quem não gosta de derivados de leite, não pode consumir.

Felizmente é possível fazer receitas probióticas em casa de maneira muito fácil e segura.

Probióticos caseiros

Segundo um relatório elaborado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), as mais seguras para se fazer em casa são as de legumes, frutas e vegetais.

Aliás, aqui no Cura pela Natureza já ensinamos algumas receitas caseiras de probióticos.

Caso não tenha visto, vale a pena clicar nos links abaixo e experimentar:

E hoje vamos ensinar mais uma, desta vez, com um legume que para muitas pessoas não tem “graça” e nem sabor, mas é repleto de benefícios para a saúde.

Estamos falando do chuchu, rico em fibras, fonte de vitaminas A, B, C, minerais como cálcio, ferro, fósforo, potássio e zinco, além de ser de fácil digestão.

Veja os benefícios:

Melhora a saúde intestinal e renal

Por ser rico em fibras, o chuchu ajuda na digestão e também melhora o funcionamento intestinal e, consequentemente, a saúde da flora intestinal.

Além disso, ajuda a prevenir e evitar flatulências e a constipação (prisão de ventre).

Por ser um alimento pouco calórico, também contribui para o processo de emagrecimento saudável.

Em relação à saúde renal, devido a boa quantidade de potássio, facilita a filtragem de nutrientes pelos rins e evita problemas como pedras ou cálculos renais.

Reduz os níveis de colesterol e triglicerídeos

Por ser rico em fibras solúveis, o chuchu ajuda a reduzir a absorção da gordura dos alimentos.

Com isso, contribui para o equilíbrio dos níveis de colesterol ruim (LDL), prevenindo doenças cardíacas como infarto e aterosclerose.

Além disso, contém quercetina e kaempferol, substâncias antioxidantes que evitam a oxidação das células de gordura.

Esse fator também ajuda a diminuir as taxas de triglicerídeos e colesterol ruim do sangue.

Previne a diabetes

Mais uma vez as fibras são as responsáveis por esse benefícios, pois ajudam no equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue.

Diante disso, evita a resistência à insulina e, consequentemente, previne o surgimento da diabetes.

No caso das pessoas que já são diabéticas, o consumo regular de chuchu também ajuda a controlar a doença, pois equilibra as taxas de glicose no sangue.

Todavia, não deve substituir o tratamento indicado pelo médico.

Controla a pressão alta

Como já foi descrito, o chuchu é fonte de potássio, mineral que ajuda o organismo a eliminar o excesso de sódio através da urina.

Por isso, melhora o equilíbrio da pressão arterial, evitando a hipertensão.

Fortalece os ossos

Os minerais presentes no chuchu, principalmente o cálcio, fósforo e magnésio, melhoram a saúde óssea, prevenindo doenças como a osteoporose.

Além disso, também fortalece os dentes.

Fortalece o sistema imunológico

A vitamina C e o zinco são dois nutrientes essenciais para aumentar a imunidade e prevenir doenças.

Evita o envelhecimento precoce

O chuchu possui uma grande quantidade de flavonóides, polifenólicos, luteolina e apigenina.

Essas substâncias possuem ação antioxidante e, por isso, combatem os radicais livres que provocam o envelhecimento precoce das células.

Além de contribuir para uma pele bonita e saudável, também auxilia na saúde capilar e das unhas.

Probiótico de chuchu

Com essa receita probiótica de chuchu você vai regularizar o seu intestino e também aproveitar todos os benefícios desse legume para manter a sua saúde em dia.

Ingredientes:

  • 500 g de chuchu
  • 4 folhas de louro
  • 3 dentes de alho com amassados com casca
  • ½ pimenta dedo-de-moça
  • Pimenta-do-reino em grãos a gosto
  • 1 colher e meia (sopa) de sal
  • 400 ml de água

Modo de preparo:

Descasque o chuchu e corte em tiras – estilo batata frita, porém, mais largas e grossas.

Coloque a metade em um vidro de conserva esterilizado, com tampa e grande.

Acrescente os dentes de alho amassados, as folhas de louro, a pimenta-do-reino, a pimenta dedo-de-moça e o restante do chuchu.

Recomenda-se colocar os temperos distribuídos dentro do vidro – no fundo, nas laterais e no meio.

Dilua o sal na água e despeje dentro do vidro, até um pouco mais da metade – não precisa encher.

Coloque um peso sobre o chuchu para pressioná-lo na água – pode ser um saquinho plástico cheio de água ou um vidro de conserva (vazio) pequeno.

Em seguida, apenas coloque a tampa do vidro – não precisa fechar (rosquear) -, e aguarde fermentar.

Tempo de fermentação:

  • Temperatura abaixo de 30ºC: três dias fora da geladeira – depois leve à geladeira e aguarde uma semana para começar a consumir.
  • Temperatura acima 30ºC: dois dias fora da geladeira – depois, leve à geladeira e aguarde uma semana para iniciar o consumo.

Observação: quando transferir para a geladeira, pode remover o peso e tampar o vidro (rosquear a tampa). 

Consuma três pedaços de chuchu por refeição – pode misturar em sua salada e também como acompanhamento de proteínas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.