Centroavante rescinde com time Chinês, volta ao Brasil e vai conversar com o Palmeiras

inbound1788435815121166716

O Palmeiras já tem três reforços engatilhados para 2021. Eduard Atuesta, que estava no Los Angeles FC, deve ser anunciado até o final de semana. Marcelo Lomba, do Internacional, e Valber Huerta, da Católica, também tem acordos encaminhados.

Elkeson, que foi sondado pelo Palmeiras, rescindiu oficialmente e não defende mais o Guangzhou FC, da China. Ele pode atuar por outro clube sem custos e o Verdão aparece como potencial futuro.

PUBLICIDADE

Destaque do futebol asiático, Elkeson conquistou cinco títulos defendendo o Guangzhou e o Shanghai SIPG. Se naturalizou chinês e defendeu a seleção, tornando-se ídolo do público local.

+ Reforço chegou! Meio-campista está no Brasil para fazer exames e assinar com o Palmeiras

Em comunicado, fez elogios ao futebol da China e revelou o crescimento da categoria no país.

“Foram nove anos incríveis, inesquecíveis. Cheguei na China no final de 2012, num futebol sem tradição mundial, um campeonato desconhecido, mas apostei que daria certo. Não poderia ter escolhido melhor”, revelou.

Elkeson começou como meia

Revelado pelo Vitória, o atleta começou como meio-campista e aos poucos foi alterando posicionamento. Se destacou no Botafogo-RJ na posição e foi para a China em 2012.

Ele tem a característica ideal buscada pelo Palmeiras no mercado da bola. Contrato e salários não foram revelados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.