Caso Dimas: Troca de mensagens entre jogador e jovem morta revela momentos antes do encontro.

Os jovens combinaram o momento do encontro via um aplicativo de mensagens.

Uma conversa entre o jogador sub-20 do Corinthians Dimas Cândido de Oliveira Filho e a jovem Lívia Gabriele da Silva Matos por meio de um aplicativo de mensagens, revela o que eles planejavam. O jogador havia convidado a menina para ir até seu apartamento antes de uma viagem que faria para Recife.

A jovem de 19 anos, morreu na noite da última terça-feira (30), após manter relações sexuais com o jogador, em Tatuapé, zona Leste de São Paulo. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Dimas, revelou à polícia que havia conhecido  Lívia por meio de uma rede social e que desde então mantiveram contato.

“Eu tenho medo do metrô fechar. Mas eu já tô indo embora. O metrô tá lotado. Lotado de corintiano, no caso”, disse Lívia Gabrielle.

“Claro que tá lotado de corinthiano. Aqui é Corinthians. Vai, Corinthians”, respondeu Dimas.
O conteúdo foi obtido a partir do aplicativo de mensagens no celular da vítima e foi divulgado pelas emissoras de TV Globo e Record. As conversas revelam uma proximidade entre eles, com Livia referindo-se ao atleta como “vida” e “amor” em alguns momentos, enquanto Dimas utiliza termos como “gatinha” e “princesa”.

Veja parte da conversa:

A defesa de Dimas alega que este foi o primeiro encontro pessoal do casal, embora já tivessem mantido contato pelo Instagram. O advogado Tiago Lenoir afirmou: “Ele confirmou que tiveram relações sexuais consensuais e utilizando preservativo.” Lenoir também declarou que ambos não consumiram álcool nem drogas durante o encontro, acrescentando: “No local, havia apenas cigarros eletrônicos trazidos por ela.”