Carmen Lúcia: São “graves” as falas de Bolsonaro sobre as urnas

B3312415 32DA 424C 92C7 3A0E5233C604

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), considerou “graves” as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre as urnas eletrônicas. A magistrada ainda deu prazo de 24 horas para que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre a abertura de uma investigação.

– Os fatos narrados nestes autos são graves, de interesse exponencial da República. O manifesto interesse público e superior da nação impõem a observância de prioridade no andamento processual do caso – escreveu a ministra.

Em novo despacho nesta segunda-feira (16), a ministra estipulou um prazo de 24 horas para que o Ministério Público se manifeste sobre um pedido de abertura de investigação contra Bolsonaro feito por parlamentares do PT. A ação leva em consideração as declarações do presidente durante a live do dia 29 de julho, em que ele lança suspeita sobre a segurança das urnas eletrônicas.

No documento, Cármen Lúcia lembra que esta é a segunda vez que cobra um posicionamento da PGR sobre o caso – que não respondeu a ministra no início do mês.

– Em 3.8.2021, determinei vista à Procuradoria-Geral da República e, até a presente data, não houve manifestação – explicou a ministra.

Na primeira vez em que repassou o caso para a PGR, Cármen Lúcia observou que o relato dos parlamentares do PT era “grave” e, em tese, “poderia configurar crime”.

– Há de se considerar que o grave relato apresentado pelos autores da presente Petição conjuga atos daquela natureza com outros que podem, em tese, configurar crime, mais especificamente, de natureza eleitoral, utilização ilegal de bens públicos, atentados contra a independência de poderes da República, o que, após a necessária análise, conduzirá à conclusão sobre a competência para o conhecimento e o processamento da presente petição – escreveu a ministra na decisão do início do mês.

Leave a Reply
  1. Grave MESMO é dar crédito a ESQUERDA, oposição ridícula que vem fazendo contra a nação e o governo federal…. porque não houvem o clamor do POVO brasileiro nas ruas???? Grave é a fala destes ministros!!!

  2. O povo brasileiro deveria ser processado por achar que as urnas eletrônico não são seguras , Qual a razão do STF recusar acrescentar uma segurança a mais para todos ficarem satisfeitos , QUAL A RAZÃO Do STF ir contra a uma segurança para as eleições, NÃO DA PARA ENTENDER .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.