Câmeras flagram homem encostando pênis em mulher grávida dentro de loja em MG: 'Fiquei sem chão, sentimento de revolta.

9503397 2

Nas imagens, ele passa perto de algumas mulheres e depois fica atrás da grávida de oito meses. Vítima só percebeu o que aconteceu após ver o vídeo circulando nas redes sociais. Assédio aconteceu em um comércio de Montes Claros (MG).

Câmeras de segurança de uma loja em Montes Claros, no Norte de Minas, flagraram o momento em que um homem circulou pelo local assediando mulheres.

Nas imagens, registradas neste domingo (9), é possível ver que ele passa perto de algumas mulheres e usa um organizador de talheres para tentar esconder o órgão sexual, que está pra fora da calça. Em seguida, o homem se aproxima de uma mulher grávida de oito meses e fica atrás dela.

Depois que teve acesso às imagens, que circularam por redes sociais, a mulher registrou um boletim de ocorrência por importunação sexual. Segundo a delegada Karine Maia Costa, responsável pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), será instaurado um inquérito para investigar o caso

A vítima deve prestar depoimento na tarde desta terça-feira (11). Até a última atualização desta reportagem, o homem não havia sido identificado.

“Só fiquei sabendo que foi comigo mesmo após ter acesso ao vídeo. Nem sei explicar o que senti, foi muito constrangedor. A gente vê isso acontecendo nos noticiários, mas nunca pensa que vai acontecer com a gente, ainda mais estando grávida. Fiquei sem chão, desnorteada, é um sentimento de revolta”, disse a mulher

“A loja estava cheia e não percebi ninguém encostando em mim. Quando fui pagar a conta no caixa, escutei pessoas comentando que tinha um homem dentro da loja tentando bulinar as mulheres e até perguntaram se teria sido comigo, eu disse que não. Fui embora pra casa e, mais tarde, meu celular começou a tocar muitas vezes e chegaram muitas mensagens de familiares perguntando o que tinha acontecido porque viram o vídeo nas redes sociais”, completou a gestante, que prefere não ter o nome divulgado.

Procurada pelo G1, a proprietária da loja, Rosângela Souza Ribeiro Pena, conta ainda que só se deu conta do que tinha acontecido depois que o homem foi embora.

“A loja estava cheia e eu estava no caixa com a minha filha. Não sabíamos o que estava acontecendo. Uma funcionária saiu para pegar água, viu, se assustou e chamou outra funcionária. Depois, elas avisaram um cliente que chamou atenção dele. Ele pagou uma caixa de sabonetes no caixa e saiu da loja. Só depois quando fomos olhar as câmeras, percebemos que ele estava andando no corredor da loja mostrando o pênis.”

Rosângela afirmou que repassou o vídeo para uma página de notícias com a intenção de identificar o homem. Ela disse que errou, mas que não pretendia expor a vítima. 

“Fomos errados, mas só queríamos ajudar. A intenção foi divulgar para encontrar o homem, pensamos que eles iriam borrar o rosto da mulher. Quando percebemos que postaram o vídeo mostrando ela, entramos em contato de imediato e pedimos para tirar, e eles repostaram cobrindo o rosto dela. Não temos culpa, só queríamos ajudar para não acontecer em outros locais.”

“Esse homem não pode ficar solto, se fez isso comigo pode fazer com outras mulheres. Uma pessoa em sã consciência não faz um absurdo desse. Espero que a Justiça seja feita e que ele seja preso.”

Investigação

Segundo a delegada Karine Maia Costa, responsável pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), será instaurado um inquérito para investigar o caso. A vítima deve prestar depoimento na tarde dessa terça-feira (11).

A delegada informou ainda que já teve acesso às imagens de segurança que estão sendo analisadas pela Polícia Civil.

A vítima disse que espera que o homem seja identificado e punido pelo crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.