Caixão quebra e corpo cai dentro de cova durante sepultamento; VEJA VÍDEO

Screenshot 20211123 134125

‘Meu pai tá jogado no chão’, disse filha, indignada, após alças do caixão quebrarem. Caso ocorreu nesta segunda-feira em cemitério da Região dos Lagos. O corpo de um homem de 50 anos caiu diretamente dentro de uma cova depois que as alças do caixão onde ele era carregado quebraram. O caso aconteceu nesta segunda-feira (22) no cemitério de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio. Vídeo no final do texto.

Familiares e amigos ficaram transtornados com a situação. Vídeos registraram o momento em que pessoas tentavam retirar o caixão de dentro da cova para remover o corpo do homem, identificado como Osmar Leal, de 50 anos.De acordo com a família, Osmar morreu após sofrer um infarto fulminante.No vídeo é possível ouvir a filha de Osmar gritando, indignada: “Gente, o meu pai está ali dentro. Meu pai está jogado no chão”.Também é possível ouvir um outro filho de Osmar pedindo que as pessoas o soltassem, dando a entender que alguém tentava contê-lo. “Calma, não. É o meu pai. Me solta”, diz o filho.

Uma outra mulher também aparece nas imagens indignada: “Vocês tiram esse caixão daí, organizam, fecham, abrem o buraco e enterra. Se quiser eu ensino como faz”.Em um dos vídeos dá para ouvir a voz de uma mulher, aparentemente idosa, dizendo que o buraco cavado para a cova era menor do que o caixão.Em outra imagem, o corpo de Osmar aparece enrolado em um saco plástico e, em determinado momento, é possível ver o rosto dele. O g1 desfocou este momento da imagem para não expor o corpo e a família.

Repercussão nas redes sociais

As imagens foram publicadas nas redes sociais e já tinham mais de 200 compartilhamentos e diversos comentários até a publicação desta reportagem.Entre os comentários, estão os de pessoas prestando condolências à família. Um perfil comentou que já passou pela mesma situação naquele cemitério.”Meu pai foi enterrado no mesmo cemitério, aconteceu a mesma coisa. Ainda tive que ajudar a cavar a cova junto ao meu irmão. Infelizmente não me espanto com tamanha falta de compaixão e de profissionalismo”, diz o comentário.

O prefeito de São Pedro da Aldeia, Fábio do Pastel (Podemos), publicou uma mensagem em uma rede social falando sobre o ocorrido.”Foi com profunda tristeza e desapontamento que recebi a notícia do ocorrido hoje no Cemitério Municipal. Me solidarizo com a família enlutada e registro aqui o compromisso de investigar o ocorrido e de tomar as medidas cabíveis”, publicou o prefeito.

A Secretaria de Serviços Públicos de São Pedro da Aldeia informou que, assim que tomou conhecimento dos fatos, abriu uma sindicância para apurar as responsabilidades pelo ocorrido.A Prefeitura disse, ainda, que presta solidariedade aos familiares enlutados e informa que o projeto de um novo cemitério para melhor atender às demandas da população já está em andamento. Assista abaixo: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.