Caiado proíbe vacinação obrigatória contra covid-19 em Goiás

Cidadão de Goiás tem o “direito de não se submeter de forma compulsória à vacinação”.

 

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), sancionou, nesta quarta-feira (13), uma lei que proíbe a vacinação obrigatória contra coronavírus no estado.  

O projeto começou a ser elaborado na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), em 2020, e agora foi publicado no Diário Oficial de Goiás. 

O artigo primeiro da nova legislação afirma: 

“É assegurado à pessoa residente no Estado de Goiás o direito de não se submeter de forma compulsória à vacinação adotada pelo Poder Público para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da COVID-19.”   

No ano passado, o governo Jair Bolsonaro aprovou uma lei que permite que o ministério da Saúde torne a vacinação obrigatória.  

No entanto, o ministro Eduardo Pazuello e o presidente da República garantem que a vacina só será aplicada em quem quiser.

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0