CAC mata ex-companheira com 6 tiros na frente da própria filha de apenas 5 anos.

O autor do crime trata-se do ex-companheiro Wesly Denny da Silva Melo. Ele é CAC – Colecionador, Atirador e Caçador e está foragido desde então.

Na tarde desta quarta-feira (10), a cabeleireira Tainara Kellen Mesquita da Silva, de 26 anos, foi assassinada com ao menos seis tiros de arma de fogo na frente da própria filha, na quadra 29 do Setor Leste do Gama, no Distrito Federal. O autor do crime trata-se do ex-companheiro Wesly Denny da Silva Melo. Ele é CAC – Colecionador, Atirador e Caçador e está foragido desde então.

A reportagem apurou que minutos antes, o acusado enviou um WhatsApp para a vítima de um número desconhecido se passando por cliente do salão e dizendo que queria agendar um serviço. Com objetivo de atrair Tainara para fora do estabelecimento, Wesly mentiu que estava na rua, mas não estava encontrando o endereço. Quando a vítima saiu do local de trabalho, ele sacou a pistola e começou a atirar. Foram 16 disparos, dos quais pelo menos seis acertaram a mulher.

Depois do crime, o suspeito fugiu carregando um fuzil municiado, segundo a Polícia Civil. Familiares da jovem contaram que o casal tinha um relacionamento de 10 anos e eles se separaram há menos de um mês. “Ele ameaçava ela demais, era muito possessivo”, contou uma vizinha, que preferiu não se identificar.

O crime ocorreu na frente da filha do casal, que tem apenas 5 anos. A mãe de Tainara esteve no local, passou mal e precisou ser levada pela irmã ao hospital. Ao Metrópoles, a vizinha contou ainda que Tainara era uma mulher dedicada à família: “Era uma filha amorosa e uma mãe exemplar”.

Wesly Denny é um velho conhecido da polícia e tem pelo menos 11 antecedentes criminais, entre eles duas por Lei Maria da Penha, porte de arma, ameaças, vias de fato e desacato. Após matar Tainara, ele apagou todas as publicações em uma de suas redes sociais. Uma pistola 9 mm usada na morte foi apreendida. A ocorrência será investigada pela 14ª Delegacia de Polícia Gama.

Fonte :