dentro

Cabelos grisalhos precisam de cuidados extras no verão? Veja dicas

É cada vez maior o número de mulheres que têm desapegado da necessidade de pintar os cabelos brancos quando os fios começam a perder a cor. A atitude, antes vista como rebeldia ou até desleixo, agora já é encarada por muitas como estilo de vida. No Festival de Cinema de Cannes do ano passado, por exemplo, as madeixas grisalhas ganharam destaque quando artistas como Andie MacDowell e Helen Mirren roubaram a cena ao surgir com os fios naturais, livres de tintura, no tapete vermelho.  

Assim que entendemos que pintar ou não o cabelo é unicamente uma questão de escolha da mulher, surge uma nova demanda no mercado da beleza: os cuidados com os fios brancos. Principalmente agora no verão, quando o combo sol + piscina + água do mar exige atenção extra até aos mais hidratados dos fios. 

Consultamos a médica dermatologista Taciana Dal’Forno Dini, diretora da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), e o cabeleireiro Thiago Almeida, especialista em mechas, para reunir algumas dicas de como cuidar dos fios naturais na estação. Confira:

Proteção e hidratação, o combo essencial

O cabelo grisalho é mais suscetível aos danos da radiação ultravioleta e, por isso, requer maior proteção solar. A dica é investir em produtos específicos que protegem contra a radiação UV ou ainda optar pela barreira física, com o uso de chapéus e bonés com tecidos adequados, recomenda Taciana.

Além disso, os cabelos grisalhos são mais grossos, espessos e menos maleáveis do que os cabelos pigmentados. Em razão desta textura, é normal que as mulheres abusem de químicas, alisamentos e chapinhas para alinhar os fios. Por serem mais sensíveis ao dano solar, também se tornam mais ressecados. É aqui que entra a importância da hidratação.

Nos passeios que envolvem praia e piscina, a atenção precisa ser redobrada: assim como os cabelos pigmentados, os grisalhos devem ser enxaguados após os banhos para a remoção do sal e do cloro. Já as hidratações devem ser mais frequentes, de preferência semanais, indicam os profissionais, com produtos adequados e indicados pelo dermatologista. 

— Produtos ricos em óleos naturais, como o óleo de coco, devem ser preferidos. Silicones protetores e óleos podem ser aplicados mais de uma vez ao dia, como produtos leave-in  — recomenda a médica.

Para o cabeleireiro, o leave-in ideal é o que já vem com a proteção UV, pois evita simultaneamente o amarelamento e o ressecamento.

— Para os grisalhos mais porosos, indico fazer hidratação semanal, que devolverá nutrientes, deixando os fios mais maleáveis e soltinhos. Existem ainda alinhamentos que são perfeitos para esses casos, pois fazem a reorganização das camadas de cutículas, devolvendo brilho e dando corpo às madeixas — acrescenta ele.

O profissional ainda aponta que grande parte dos cabelos grisalhos tende a ficar amarelado. Nestes casos, ele indica o uso de produtos de matização. Para os cabelos curtos, apenas o xampu é suficiente para deixar o “tom vivo” dos fios. Já nas madeixas longas, o ideal é, além do xampu, fazer uso da máscara de matização. 

— O xampu vai fazer a pigmentação onde a espuma fica mais concentrada, ou seja, nos primeiros 10 centímetros dos fios. Já a máscara fará a pigmentação do comprimento, onde o xampu perde o efeito — justifica.

Dica extra!

Para quem pensa em deixar os fios brancos, mas teme a aparência envelhecida, o hairstylist dá a dica: aposte em mechas loiras, que dão um aspecto mais “quente” ao visual.

— Existem técnicas nas quais a manutenção é mínima, sendo os retoques necessários de oito meses a um ano. O visual fica incrível — garante. 

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.