Brasil registra 1.379 mortes em 24 horas e bate recorde com quase 85 mil novos casos de Covid

País contabilizou 201.542 óbitos e 8.015.920 casos da doença desde o início da pandemia. Pela primeira vez desde o começo do consórcio, nenhum estado aparece com tendência de queda na média móvel de óbitos.

O país registrou 1.379 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas — o maior número desde 4 de agosto –, chegando ao total de 201.542 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 872 – a maior desde 2 de setembro. A variação foi de +37% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de crescimento nos óbitos pela doença.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 8.015.920 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 84.977 desses confirmados no último dia — maior registro em 24 horas desde o começo do consórcio. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 45.294 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +26% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de crescimento também nos diagnósticos.

Os números de casos e de mortes têm influência de dados do Paraná, que divulgou registros acumulados após não ter seu boletim na quinta-feira (7). Ainda, o estado fez uma revisão dos dados, incluindo mais óbitos e infectados de outros meses, influenciando nos números de hoje.

Quinze estados e o Distrito Federal apresentaram alta na média móvel de mortes: PR, RS, RJ, SP, DF, GO, AC, AM, AP, RO, RR, TO, CE, PB, RN e SE. Ainda, é a primeira vez desde o começo do consórcio, em julho, que não há nenhum estado com tendência de queda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0