Borja recusa oferta salarial do Boca e trava negócio com o Palmeiras

inbound7581241332030519483

Miguel Ángel Borja não topou a proposta salarial feita pelo Boca Juniors e fez o negócio com o Palmeiras travar. O atacante pediu mais do que recebe atualmente no Palestra Itália, o que fez os argentinos desistirem temporariamente do acordo.

PUBLICIDADE

A expectativa no Palestra Itália era de receber uma oferta de US$ 4 milhões por 50% dos direitos econômicos do seu jogador, o que representa quase R$ 21 milhões na cotação de hoje. A tendência era aceitar esse acordo.

Borja fez uma boa campanha com o Junior Barranquilla e gostaria de continuar no seu país, mas os colombianos avisaram que não teriam capacidade para efetuar a compra.

Com isso, o jogador deve se reapresentar na Academia de Futebol em breve. Depois de conquistar o 3º lugar com a Colômbia na Copa América, o atleta retornou ao seu país. Ele só pode voltar a defender o Palmeiras a partir do dia 1º de agosto, quando reabre a janela internacional de reforços.

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.