Bonner e Renata são chamados às pressas em pleno sábado e anunciam morte no JN: “Uma tragédia”

williambonner9800x450

Na abertura do Jornal Nacional deste sábado (14), William Bonner e Renata Vasconcellos deram série de notícias trágicas para os brasileiros

Na noite deste sábado (14), a Globo leva ao ar mais uma edição do Jornal Nacional, principal produto do jornalismo brasileiro. Mas esse foi um sábado diferente, já que, além de muito movimentado, contou com a ancoragem dos comandantes principais da atração, William Bonner e Renata Vasconcellos, que aparecem em um sábado por mês.

Foi William Bonner quem abriu a escalada, já com uma tragédia daquelas de deixar todo mundo com o cabelo em pé. “O Haiti revive uma tragédia, um terremoto de magnitude 7,2 provoca centenas de mortes e muita destruição”, disparou o âncora, que foi seguido de Renata Vasconcellos com uma notícia boa sobre a imunização da Cøvid.

Jornal Nacional chegou com tudo

“A cidade de São Paulo monta um esquema pra imunizar jovens durante 34h”, anunciou ela. Depois, o assunto foi política. “O presidente Jair Bolsonaro afirma nas redes sociais que vai pedir ao Senado a abertura de processo de impeachment contra os ministros do STF, Luis Roberto Barroso e Alexandre de Moraes”, anunciou William Bonner.

“É uma reação à prisão do aliado, Roberto Jefferson, por fazer ameaças a governantes estaduais e municipais e a integrantes do judiciário exibindo armas na internet”, prosseguiu Renata. “Políticos e juristas criticam a atitude do presidente e explicam que não se pode processar magistrados por suas decisões judiciais”, intercalaram os dois.

Bonner e Renata concluíram

William Bonner também anunciou no Jornal Nacional uma morte que ninguém esperava. “Morre o fundador do grupo empresarial Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade”. “Pacotes misteriosos voltam a aparecer em praias de estados nordestinos”, prosseguiu Renata, com Bonner depois falando dos incêndios no Centro-Oeste brasileiro.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.