Bolsonaro se irrita e chama repórter do SBT de “idiota” ao ouvir pergunta

baixados 6

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) causou mais uma vez com atitude contra a imprensa. O político chamou de “idiota” uma repórter da TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia, que lhe fez uma pergunta sobre uma foto divulgada pelo próprio Palácio do Planalto.

Na imagem, o chefe do Executivo aparece com um cartaz que simula um cartão de CPF com a palavra “cancelado”, o que normalmente acontece quando uma pessoa morre.

Na cidade de Feira de Santana, nesta segunda-feira (26), a repórter Driele Veiga questionou Bolsonaro sobre as críticas que ele recebeu pela foto do CPF cancelado em um momento em que as mortes pelo novo coronavírus no Brasil se aproximam de 400 mil.

“O senhor foi criticado sobre uma foto postada dizendo ‘CPF cancelado’ num momento que tantas pessoas morreram. O que senhor tem a dizer sobre isso?”, questionou a jornalista. O presidente, então, reagiu irritado: “Você não tem o que perguntar não? Deixa de ser idiota, menina!”.

Ao vivo, a repórter do SBT afirmou: “O presidente agredindo a repórter verbalmente”. Driele Veiga seguiu, em conversa com o apresentador Casemiro Neto.

“Acabou de me chamar inclusive de idiota por conta de uma pergunta a respeito de uma foto publicada por ele, que ele recebeu muitas críticas por conta do momento que a gente vive com mais de 300 mil pessoas mortas (por covid)“, desabafou ela.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba) lamentou o comportamento do presidente, repudiando o fato dele chamar a repórter da Bahia de idiota “somente por estar exercendo seu ofício que é entrevistar aquele investido em cargo público”.

A jornalista da afiliada do SBT usou as redes sociais para se manifestar. “Uma mulher em pleno exercício da função ser chamada de idiota por um presidente da república, é um fato a se lamentar”, escreveu ela.

“A autoridade representou no xingamento uma sociedade com uma estrutura ainda sexista e patriarcal em que homens acham que vão conseguir intimidar uma mulher com agressão verbal e/ou atitude desrespeitosa“, afirmou ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.