Bolsonarismo é ‘seita antidemocrática’ e ‘precisa ser varrido’, diz colunista da Folha

Reproducao Youtube 1

A jornalista Mariliz Pereira Jorge, colunista da Folha de S. Paulo, usou as manifestações do último sábado (1°) — em defesa do presidente Jair Bolsonaro — para atacar o ‘bolsonarismo’.

Por meio das redes sociais, ela afirmou que os apoiadores fazem parte de uma ‘seita antidemocrática’.

Na visão dela, tal movimento “é algo que precisa ser varrido”, pois “não há diálogo com o bolsonarismo”.

“O bolsonarismo é uma seita antidemocrática. É algo que precisa ser varrido. Quem endossa ou minimiza o bolsonarismo é da mesma laia”, escreveu.

Mariliz já fez passagem pela editora Abril, Marie Claire, VIP, entre outras, além ter atuado como editora e roteirista do programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo.

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.