Bolsa brasileira dá as boas-vindas ao BITH11, ETF de “bitcoin sustentável” da Hashdex

hashdex bith11

Nesta semana cheia de novidades no mercado cripto brasileiro, damos as boas-vindas ao Hashdex Nasdaq Bitcoin Reference Price Fundo de Índice (BITH11), que se torna o quarto produto desse tipo a ser lançado na B3.

Com cerimônia de lançamento na tarde dessa quinta-feira (5), o BITH11 se tornou o segundo fundo de índice (ou ETF) lançado pela gestora brasileira de criptoativos Hashdex, também conhecida por seu conjunto de fundos que oferecem diversos tipos de exposição à classe de ativos digitais.

BITH11 se apresenta como um ETF com 100% de exposição ao bitcoin (BTC), que irá operar de maneira ecologicamente responsável, replicando o desempenho do índice Nasdaq Bitcoin Reference Price (NQBTC), fundo constituído nas Ilhas Cayman e listado na Bolsa de Bermudas (BSX).

O novo ETF busca neutralizar as emissões de carbono decorrentes do investimento em bitcoin, com atenção ao consumo de energia no processo de mineração da criptomoeda — a fim de “acalmar o coração” dos investidores que se importam com o meio ambiente.

A empresa alemã Crypto Carbon Ratings Institute (CCRI) produzirá relatórios anuais com o cálculo e estimativas do consumo de energia e emissão de carbono relativos aos bitcoins adquiridos pelo fundo de índice-alvo do BITH11.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.