Bitcoin dispara acima dos US$ 47 mil após liquidação de usuários

01103236500076

O Bitcoin iniciou o mês de outubro com um forte — e súbito — movimento de alta em seu preço. Nesta sexta-feira (1), a principal criptomoeda do mundo saiu da casa dos US$ 43.400 e disparou rumo aos US$ 48.000 em alguns minutos, graças à liquidação de cerca de US$ 270 milhões em operações em short, ou seja, de usuários apostando em sua queda.

Este efeito, também conhecido como short squeeze, ocorre quando o preço de um ativo cresce acima do limite máximo estabelecido pelas corretoras em um grande conjunto de operações apostando em baixa, de modo a evitar mais prejuízos. Adiante, os usuários devem terminar suas posições e aceitar o prejuízo, o que neste caso significa “recomprar” a posição e injetar dinheiro no mercado — resultando em uma rápida subida de preços, como observado no Bitcoin nesta manhã.

Segundo dados do Cointelegraph Markets Pro e TradingView, o preço do Bitcoin escalou cerca de US$ 3.000 em menos de uma hora, alcançando até US$ 47.800 em algumas corretoras, como a Bitstamp. Confira o movimento no gráfico abaixo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.