dentro

Beleza, o espelho do interno

  1. A Saúde e a beleza

    Não é por acaso que escolhemos escrever neste blog um texto sobre beleza e saúde. Num espaço que se pretende utilizar para alertar para a importância de comportamentos saudáveis e da promoção da saúde, porquê falar de beleza? A beleza e saúde não são conceitos distintos, que nada têm a ver um com o outro? Veremos que tal não é assim e que a saúde e a beleza estão intimamente relacionados.

    Saúde com beleza

    A beleza não deve ser encarada como uma meta a atingir a qualquer custo. A título de exemplo veja-se a dieta seguida por muitas pessoas. Para muitas pessoas a dieta serve apenas para perder peso seja de que forma for sem se preocuparem com as consequências que a mesma poderá, eventualmente, acarretar para a sua saúde. Se é verdade que o excesso de peso é maléfico para a saúde, não é menos verdade que o peso ideal deve ser conseguido com uma alimentação correta e equilibrada e não através de erros alimentares prejudiciais à saúde. Ou seja, devemos aliar saúde com beleza. A melhoria da nossa condição de saúde e a da nossa beleza são dois desígnios que podem e devem ser trabalhados em simultâneo.

    Veja mais informação no nosso blog sobre vida saudável, promoção de saúde e medicina preventiva e descubra formas de melhorar a saúde e beleza do corpo.

    Saúde, beleza e bem estar

    Ser saudável é muito mais que a mera ausência de doença. Ser saudável é sentirmo-nos bem e podermos viver a nossa vida com qualidade e autonomia, em perfeito bem estar.

    Siga este link se quer conhecer o conceito e os hábitos de vida saudável.

    A saúde, a beleza e o bem estar são, por isso, três conceitos muito importantes na nossa vida, rumo a uma vida mais saudável e com maior qualidade de vida.

    Para saber tudo sobre qualidade de vida, siga este link.

    A beleza, atualmente, deixou de ser fútil, ou seja, os cuidados que temos com o nosso corpo são vistos, hoje em dia, com naturalidade e como uma necessidade intrínseca. Quando não nos sentimos bem na nossa pele, mudamos a nossa postura e a forma de nos relacionarmos com as pessoas.

    A pessoa para se sentir bem por dentro (psicologicamente) tem de gostar do que vê por fora. É essencial para a nossa autoestima e consequentemente para nos sentirmos realizados e de bem connosco. Estar feliz com a imagem é fundamental para uma boa autoestima. A baixa autoestima põe em causa a nossa autoconfiança para tomar até mesmo a menor das decisões. Assim, aumentar a autoestima torna-se imperioso já que aumenta a nossa confiança e é o primeiro passo a tomar para sermos mais felizes e saudáveis.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.