“Bebê adulta” de 25 anos dorme no próprio berço e fãs bancam mais de R$ 1.300 em fraldas

Sem titulo 159

Paigey é uma garota de 25 anos que vem atraindo a atenção nas redes sociais. Ela decidiu adotar um estilo de vida bem peculiar e diferente: vive como um bebê em tempo integral e os fãs bancam o que ela gasta.

Ela tem até o próprio berçário e, segundo entrevista ao Daily Mail, gasta mais de R$ 1.300 em fraldas, mas os fãs bancam suas despesas.

Ela tem um programa de assinatura on-line, onde fala com membros de uma comunidade amante de fraldas e mais de 420 assinantes que ajudam a custear as despesas de seu incomum estilo de vida.

Declarou que todos os dias acorda em seu berço e, após trocar a fralda, passa o tempo brincando e produzindo conteúdo para os seus seguidores. Ela explicou que sempre gostou de colecionar brinquedos e tinha um humor mais jovem.

Relatou também que tanto a família quanto os amigos apoiaram seu estilo e foram muito receptivos. Disse que se agir como se não fosse grande coisa, as pessoas acabam aceitando as diferenças. Assim que atingiu a maioridade, começou a fazer pesquisas on-line sobre outras pessoas que se interessavam pelo mesmo que ela, e encontrou uma comunidade grande de adeptos.

Sem titulo 156

Desde que se assumiu como uma bebê adulta, disse que sua meta é normalizar essa maneira de viver. Criou o próprio serviço de assinatura e espera poder ajudar outras pessoas a se sentirem com menos vergonha e ganhar dinheiro suficiente para poder viver dessa forma.

Relatou que o sentimento que as pessoas têm é de vergonha, então decidiu vir a público e mostrar como é se comportar feito um bebê. Disse que gosta de brincar e é feliz com coisas de criança. Coleciona a boneca Polly Pocket e Barbies, e dorme com seus bichos de pelúcia.

Paigey afirma que não se intimida com opiniões contrárias ou negatividade dos que não entendem seu estilo de vida, que a resposta é sempre positiva e o número de fãs aumenta a cada dia. Ela recebe e-mails de pessoas agradecendo-lhe por mostrar o que muito não têm coragem, mesmo com uma chuva de críticas.

Sem titulo 157 Sem titulo 158

Paigey conta que não entende o porquê de odiarem sua maneira de viver, sendo que é apenas o estilo que muda, já que continua pagando as contas e fazendo coisas normais de adultos, mas mantém a forma de ser um bebê por meio das vestes, dos brinquedos e da maneira de falar.

Relatou ainda que muitos questionam sua inteligência, mas ela garante que é uma pessoa normal e não responde à negatividade nem impõe seu estilo a ninguém. Também alegou que é discreta em público, que não usa chupeta nem mamadeiras quando não está em casa. Mesmo com seu estilo de vida peculiar, a moça garante que está noiva há cinco anos e, embora o noivo não tenha o mesmo jeito dela de se comportar, ele a apoia incondicionalmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.